Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Jovem morre com tiro na cabeça na Grande São Paulo; companheiro é o principal suspeito

Reprodução Google Maps
Postado em: 11/11/2019

Compartilhe esta notícia:

FOLHAPRESS

Uma desempregada de 19 anos foi morta com um tiro na cabeça, por volta das 3h de domingo (10), dentro de sua casa em Osasco (Grande SP). O principal suspeito é o companheiro de Sthephanie Cleude Neves da Silva. O jovem, de 21 anos, teria fugido em seguida e não havia sido preso até a publicação desta reportagem.

Segundo a polícia, uma vizinha de Sthephanie, que não teve a identidade informada, afirmou que a vítima e o companheiro teriam brigado no interior da residência, no bairro Santa Fé, instantes antes do crime, que está sendo apontado pela polícia como feminicídio (quando a vítima é morta por ser mulher).

A testemunha afirmou que o acusado chegou a gritar para que a jovem "não se suicidasse". Instantes depois, um tiro foi ouvido. 

Após ouvir o disparo, a vizinha entrou na residência e amparou Sthephanie no colo, enquanto a Polícia Militar era acionada.

Antes que policiais chegassem ao local, o companheiro da vítima fugiu. Sthepahie chegou a ser encaminhada à Unidade de Pronto Atendimento Vila Menck, mas ela não resistiu ao ferimento. 

Apesar de a testemunha ter mencionado um suposto suicídio, o boletim de ocorrência do caso afirma que a vítima não estava com um ferimento na lateral da cabeça, "o que enfraquece a hipótese de suicídio", diz trecho do documento policial - o local atingido pelo disparo não foi informado. 

Segundo a SSP (Secretaria da Segurança Pública), foram registrados 27 casos de feminicídio na Grande São Paulo entre janeiro e setembro deste ano. Isso representa 28,4% do total de 95 assassinatos de mulheres no período. 

Comparando os 27 feminicídios deste ano com os 23 registrados entre janeiro e setembro do ano passado, também na Grande São Paulo, houve aumento de 17% neste tipo de crime na região.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Brasil é exceção no mundo com Enem durante pandemia

Sorocaba flexibiliza uso de máscaras para autistas e pessoas com outras deficiências

CPI: Pazuello diz que não foi orientado a indicar tratamento precoce

CPI da Covid aprova relatório e pede punição de Bolsonaro e mais 79 por crimes na pandemia

Fiscais da Prefeitura fecharam 16 comércios nesta terça-feira

‘Não acho que seja sacrifício trabalhar até os 65 anos’, diz relator da Previdência