Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Ipem realiza verificação anual de taxímetro em Sorocaba

Postado em: 20/10/2019

Compartilhe esta notícia:

Todos os taxistas de Sorocaba deverão passar no período de 21 a 25 de outubro, das 9h às 12h e das 13h30 às 15h30, pela verificação periódica anual de taxímetro. Realizada pelo Ipem-SP (Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo), o ponto de partida da ação será na Rua Londres, em frente ao Parque da Água Vermelha, Jardim Europa.

O taxista está sujeito à penalidade em caso de atraso ou não comparecimento à verificação anual de taxímetro.

Para realizar a verificação os taxistas devem agendar o horário de atendimento pelo site do Ipem-SP (www.ipem.sp.gov.br) e emitir a GRU (Guia de Recolhimento da União) para o pagamento da taxa de verificação. Sem a quitação da taxa e o agendamento online, a verificação não será realizada.

Na data da verificação, o taxista ou o responsável pelo veículo deve apresentar os seguintes documentos:

- Alvará de estacionamento fornecido pela prefeitura dentro do prazo de validade;

- Certificado de registro e licenciamento de veículo (categoria aluguel);

- Certificado de verificação do Ipem-SP, referente ao exercício de 2018;

- GRU quitada;

Os serviços de reparo ou manutenção dos taxímetros deverão ser realizados pelas oficinas credenciadas pelo Ipem-SP devidamente autorizadas para a execução das atividades neste ano.

Os taxistas autuados por trafegar com o taxímetro irregular têm dez dias para apresentar defesa ao órgão.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (15) 3221-7995 ou pessoalmente na sede da regional do Ipem-SP em Sorocaba, localizada à Avenida Américo de Carvalho, 58 – Jardim Europa.

Fique de olho

Para identificar se o taxímetro foi verificado pelo Ipem-SP, o consumidor deve observar a existência do lacre amarelo, que impede o acesso à regulagem do aparelho, e do selo do Inmetro com a frase “verificado até 2020”. Caso o lacre esteja rompido, o consumidor não deve aceitar a corrida, pois o aparelho pode apresentar medição incorreta. Em alguns casos poderão ser encontrados com a etiqueta "verificado até 2019", pois, o instrumento pode ser que ainda não tenha sido verificado, devido ao cronograma conforme o alvará.

O valor da bandeira é estabelecido pela prefeitura de cada município, mas é importante estar atento ao horário em que as bandeiras ‘um’ e ‘dois’ podem ser utilizadas, para não pagar mais caro pela corrida.

O consumidor que notar irregularidades ou tiver dúvidas pode realizar denúncia na Ouvidoria do Ipem-SP por meio do telefone 0800 013 05 22, ou por e-mail: ouvidoria@ipem.sp.gov.br.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Se nada fizermos poderemos ter apagões, diz Bolsonaro

Espanha não registra novas mortes por Covid-19 pela primeira vez desde o início da pandemia

Coletivo TT8 em cena no projeto Integrando Arte por Toda a Parte - veja a coluna de José Simões

Chefe da Polícia Civil que investiga caso Beto Freitas é a 1ª mulher na função no RS

Vereador pede ao MP que processe Crespo por enriquecimento ilícito

Com 3 votos para reabrir apuração contra Bolsonaro, TSE suspende julgamento