Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

GCM resgata pitbull vítima de maus-tratos e realiza apreensão de drogas no Central Parque

Foto: GCM/Divulgação
Postado em: 04/02/2022

Compartilhe esta notícia:

Uma equipe da Guarda Civil Municipal (GCM) foi acionada, na noite desta quarta-feira (2), para atender a uma ocorrência de possíveis maus-tratos a um cão da raça pitbull, que se encontrava em apartamento localizado em um prédio do bairro Central Parque, na Zona Oeste da cidade.


No local, os guardas municipais encontraram o apartamento onde estava o pitbull. Por uma janela, foi possível ver que o cão estava enrolado em sua guia, preso a uma banqueta. Na sequência, constou-se que não havia ninguém no imóvel, porém, como a porta estava aberta, foi possível adentrar o apartamento, que estava totalmente em desordem e onde foram achadas drogas, além dos documentos de dois homens.


Foram recolhidos no local 506 porções de cocaína, 68 de crack, 135 de maconha e 10 tijolos de skank, que totalizavam 2,117 quilos de entorpecentes, além de um tijolo de crack pesando 0,738 gramas.

 

O caso foi levado ao conhecimento da delegada no Plantão Policial Norte, que registrou o ocorrido como ato de abuso a animais, segundo a Lei 9.605/98, e o pitbull foi atendido pela Seção de Proteção e Bem-Estar Animal da Secretaria do Meio Ambiente (Sema). Além disso, o caso também foi enquadrado na Lei nº 11.343/06, por ter em depósito ou a guarda de entorpecentes, acarretando na apreensão das drogas encontradas no imóvel. A polícia está em busca dos dois homens, cujos documentos foram encontrados no apartamento.

 

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Tribunal condena Caixa por descumprir a Lei de Cotas; multa é de R$ 1 milhão por dia

Governo apoiará prefeituras do litoral que pedirem restrição de acesso no feriado

PF deflagra operação em três estados e no DF para combate ao crime organizado

Criação da Comissão Especial da ‘Casa de Papel’ será votada nesta 3ª; assista

Adolescente é apreendido por matar jovem; menor simulou suicídio da vítima

Deputado do PSL revela ser gay após atrito com deputada trans na Assembleia de SP