Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

GCM e agentes de Fiscalização promovem ação para coibir “pancadões” e eventos clandestinos

Foto: Agência Sorocaba
Postado em: 10/01/2022

Compartilhe esta notícia:

A Guarda Civil Municipal (GCM) e agentes do Setor de Fiscalização de Posturas, da Prefeitura de Sorocaba, realizaram ação conjunta para inibir a realização de eventos clandestinos em diferentes pontos da cidade, alvos de denúncias. A ação teve início na noite de sábado (8) e avançou pela madrugada deste domingo (9), sendo que a GCM ainda realizou operação preventiva para inibir “pancadões” na região do Parque Vitória Régia, na Zona Norte.

 

Ao todo, seis equipes da GCMs e dois agentes de Fiscalização participaram das operações. Enquanto quatro equipes de guardas atuaram no Parque Vitória Régia, onde não foram constatados casos de perturbação do sossego ou outro tipo de irregularidade, paralelamente, outra equipe da GCM acompanhou os fiscais de posturas. 

 

Dez estabelecimentos foram visitados, localizados no Jd. João Romão, Jd. Novo Mundo, Jd. São Paulo, Central Park, Wanel Ville, Vila Espírito Santo, Jd. Alpes de Sorocaba, Centro, Jardim América e Estrada Boituva). Um deles foi notificado por obstrução da calçada e falta de alvará especial para funcionamento em horário noturno, a partir da meia-noite. Outro ponto foi interditado, também por falta de alvará especial, mas pelo fato de ser reincidente.

 

A Secretaria de Segurança Urbana (Sesu) e as forças policiais contam sempre com o apoio da população, para que as acione e envie informações, em caso de constatação de perturbação do sossego, eventos clandestinos ou outras irregularidades. O contato pode ser feito pelos telefones 153 (GCM) e 190 (PM)

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Entretenimento com animais silvestres traz riscos à saúde, diz ONG

À Polícia Civil, Michelle Bolsonaro se queixa de ‘piadas infames em redes sociais’

Cade condena 11 empresas por cartel nos metrôs do DF e de São Paulo

Dos 6 mil presos de SP libertados por causa da pandemia, 7% voltaram aos presídios após novo crime

Representantes de secretarias traçam estratégias de combate aos escorpiões

Sorocaba vive epidemia de dengue com 700% de casos a mais do que 2018