Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Fiscalização fecha “balada” no Caguaçu por não respeitar decreto

Foto: GCM/Divulgação
Postado em: 30/03/2020

Compartilhe esta notícia:

A Fiscalização da Secretaria de Segurança Urbana (Sesu), com o auxílio da Guarda Civil Municipal (GCM), fechou na noite de sábado (28), um estabelecimento comercial no bairro Gaguaçu por não respeitar o decreto 25.663, instituindo o estado de calamidade pública no município, com uma série de ações de enfrentamento do avanço do novo coronavírus, em Sorocaba.

A fiscalização orientou os frequentadores, a maioria jovens, a irem para casa. O organizador do evento foi notificado por não possuir inscrição municipal para o funcionamento da atividade e por descumprir o decreto 25.663, de 21 de março de 2020, que suspende as atividades comerciais enquanto durar o estado de emergência. Conforme o decreto, está suspenso o funcionamento de estabelecimentos que explorem a atividade de bar, cinemas, teatros, casas de espetáculos, shows, boates, salões de festas, clubes, academias e outros estabelecimentos que aglomerem grande número de pessoas.

Qualquer cidadão pode denunciar os comerciantes que não estejam cumprindo o que está previsto no decreto. As denúncias podem ser feitas pelos canais de ouvidoria http://www.sorocaba.sp.gov.br/atendimento/, via whatsapp (15) 99129-2426 e pelo telefone 156, número da Guarda 153 e Defesa Civil 199.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Um ano após tragédia em Brumadinho, amostras de corpos ainda chegam ao IML de BH

Caso Daniel: Edison Brittes e mais 3 serão indiciados por homicídio qualificado

Homem que usava barco para fazer transporte de drogas é preso pela PM

CoronaVac: Anvisa diz que não é parceira de institutos e que decisão foi técnica

Sorocaba não registra novas mortes de Covid-19 nesta terça-feira

Maior roda gigante itinerante do Brasil inicia suas operações em Sorocaba