28 de Fevereiro de 2024
Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Festa da Colônia Japonesa de Sorocaba chega à 13ª edição com recorde de público

Foto: Divulgação
Postado em: 07/08/2023

Compartilhe esta notícia:

A 13ª Festa da Colônia Japonesa de Sorocaba, realizada neste sábado e domingo (5 e 6), no Parque Kasato Maru, no Campolim, mais uma vez, superou a expectativa de público, alcançando número recorde superior a 50 mil visitantes, segundo a estimativa dos organizadores do evento.

 

As informações são da Secretaria de Comunicação.

 

A tradicional festa é considerada uma das principais atrações beneficentes do município e, a partir do Projeto de Lei de autoria do vereador Rodrigo do Treviso e sancionado pelo prefeito Rodrigo Manga, passou a ser considerada um Patrimônio Cultural e Imaterial da cidade de Sorocaba, além de já constar no calendário oficial de eventos do município.

 

Realizada pela Nippon Sorocaba, com apoio da Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria de Cultura (Secult), da Secretaria de Mobilidade (Semob) e da Urbes – Trânsito e Transportes, a festa teve como propósito divulgar a cultura nipônica na cidade, com suas características, expressões artísticas,  gastronomia típica e artesanato variado, além de ser uma importante fonte de renda para as entidades assistenciais beneficentes da cidade. Nesta edição, o lema escolhido para a festa foi “Kansha”, termo que, em japonês, significa gratidão.

 

Participaram do cerimonial no dia de início dos festejos o prefeito em exercício Fernando Martins da Costa Neto; o secretário de Cultura (Secult), Luis Antonio Zamuner; a secretária do Gabinete Central (SGC), Samyra Toledo; a secretária de Comunicação (Secom), Fernanda Burattini; o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), Paulo Henrique Marcelo; o deputado federal Vitor Liplpi; a deputada estadual Maria Lucia Amary; os vereadores Rodrigo do Treviso e Caio Oliveira; o presidente da Nippon Sorocaba, Sergio Mori; o presidente da União Cultural e Esportiva da Sudoeste (UCES), Silvio Furukawa; o responsável pela organização do evento, Mario Okada, além de patrocinadores e apoiadores da festa.

 

Nos estandes que atenderam o público ao longo de todo o fim de semana, 15  entidades filantrópicas comercializaram uma grande variedade de itens da gastronomia japonesa, como yakisoba, guiozá, tempurá, temaki, entre outras iguarias da culinária tradicional do Japão, além de diversos produtos de origem orientais. As famílias de Sorocaba e região que prestigiaram o evento também puderam assistir, gratuitamente, a uma série de apresentações artísticas, tais como shows musicais, de taikô (instrumento de percussão japonês), danças típicas e outros espetáculos.

 

“Parabéns aos realizadores dessa linda festa, que é um presente para o povo sorocabano e  para todos os visitantes”, frisou o prefeito em exercício, Fernando Martins da Costa Neto.

 

“Durante este evento, o público ouvirá bastante a palavra ‘Kansha’, que representa o sentimento de gratidão, e também ‘Ikigai’, que significa propósito para viver. É isso que explica o fato de termos, aqui, 400 pessoas trabalhando como voluntários na organização dessa festa, com o objetivo de ajudar as entidades e fazer o bem a outras pessoas”, destacou o presidente da Nippon Sorocaba. “São pessoas que trabalham o ano todo para produzir este festival, que tem atraído um público crescente em Sorocaba”, completou.

 

Na cerimônia de abertura, Sergio Mori pode receber, das mãos do prefeito em exercício e da secretária de Governo, um certificado assinado pelo prefeito Rodrigo Manga e pela primeira-dama, Sirlange Frate Maganhato, em homenagem à realização do evento cultural e beneficente e, ainda, um troféu comemorativo em saudação à instituição Nippon e à colônia japonesa no município.

 

O festival, que já é um sucesso em todas as suas edições, tende a crescer ainda mais. Além de fazer parte do calendário de eventos oficiais da cidade, está tramitando, também  um projeto, de autoria da deputada Maria Lucia Amary, para que a data possa integrar, ainda, o calendário oficial turístico do estado de São Paulo, o que poderá resultar em novos investimentos e em público maior ainda para os próximos anos.

 

“Quero agradecer pelo excelente trabalho que a comunidade japonesa faz para a nossa cidade e lembrar que esta é uma oportunidade para toda a população conhecer, de perto, um pouco mais sobre a riqueza da cultura japonesa”, ressaltou o secretário da Cultura, Luis Antonio Zamuner.

 

Em sua fala, a secretária do Gabinete Central, Samyra Lopes, lembrou, ainda, que as comemorações do festival se dão em meio ao mês de aniversário de Sorocaba. “Quero convidar a todos, que aqui estão, para também prestigiar, no próximo dia 15 de agosto, no Paço Municipal, toda a programação gratuita que a Prefeitura está preparando para celebrar os 369 anos do nosso município”, finalizou.

 

O local escolhido para acolher a festa da colônia japonesa, o Parque Kasato Maru, foi inaugurado em 2008, é aberto ao público e está localizado no cruzamento das avenidas Antônio Carlos Comitre e Washington Luiz, no bairro Campolim. O parque é uma homenagem aos 115 anos da vinda dos primeiros imigrantes japoneses ao Brasil, no navio cujo nome foi escolhido para homenagear esse belo espaço público e todo o povo ao qual faz referência.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Adolescente de 12 anos confessa ter matado menina de 9 anos dentro de parque

Ucrânia: Brasil vai manter posição de equilíbrio, diz Bolsonaro

Rússia afirma que vacina Sputnik V exige 56 dias de abstinência alcóolica

Guarda Civil Municipal detém jovens com quase duas mil porções de drogas

Movimento Sem Terra diz que irá desobstruir vias bloqueadas por caminhoneiros

4 em 10 dizem que Bolsonaro não fez nada de positivo, aponta Datafolha