Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Espaços culturais serão reabertos gradativamente a partir de segunda em Sorocaba

Arquivo
Postado em: 30/09/2020

Compartilhe esta notícia:

A Prefeitura de Sorocaba reabre a partir de outubro, gradativamente, os espaços culturais do município respeitando as normas de segurança adotadas no combate ao coronavírus. A normativa da Secretaria da Cultura (Secult) , publicada na edição desta terça-feira (29) do Jornal Município de Sorocaba, permite que as bibliotecas e os museus mantidos pela Secult, a Casa de Aluísio de Almeida e a Pinacoteca Municipal retomem suas atividades junto ao público com um novo horário de funcionamento, das 10h às 16h, de segunda a sexta-feira.

A Biblioteca Municipal “Jorge Guilherme Senger” e a Biblioteca Infantil Municipal “Renato Sêneca de Sá Fleury” vão ser reabertas à população a partir da próxima segunda-feira (5). Enquanto a Casa de Aluísio de Almeida e o Museu da Estrada de Ferro Sorocabana vão retomar suas atividades ao público a partir do dia 19 de outubro.

Já a biblioteca do Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU das Artes), no Parque das Laranjeiras, e o Museu Histórico Sorocabano reabrirão a partir de 3 de novembro. A Casa 52, gabinete da Secretaria da Cultura, continuará atendendo à população mediante agendamento.

Quem desejar visitar os museus e a pinacoteca deve realizar agendamento por meio do link https://bityli.com/nqzR3 para evitar aglomerações. A permanência máxima por pessoa nesses locais é de duas horas e os visitantes só poderão carregar consigo objetos pessoais como telefone celular, câmera fotográfica (sem o uso do flash), carteira e bolsa de pequeno porte.

Já para consultas no acervo, centros de documentação e reservas técnicas com o objetivo de pesquisa nos museus ou na pinacoteca, o agendamento deve ser realizado pelo formulário: https://bityli.com/N91qJ. O atendimento será feito para apenas uma pessoa, por dia, pelo período de no máximo 2 horas e não será permitida a entrada de acompanhantes. Após manuseados, os objetos do acervo serão acondicionados em quarentena, por 14 dias, em embalagem lacrada.

Todos os locais funcionarão com no máximo 40% de sua capacidade total. Os visitantes deverão, obrigatoriamente, usar máscaras, respeitar o distanciamento social dentro dos locais e, no caso dos pesquisadores, deverão utilizar luvas no manuseio dos objetos do acervo. Também será disponibilizado álcool em gel nos espaços.

A Instrução Normativa pode ser conferida na edição 2594 – 29 de setembro de 2020 pelo link: http://noticias.sorocaba.sp.gov.br/jornal/. Em caso de dúvidas, os munícipes poderão contatar cada um dos locais diretamente.

 

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Anvisa aprova segundo autoteste para Covid

Servidores da Saúde usam mesma máscara por 15 dias, diz presidente de sindicato

Zoo de Sorocaba terá programação especial de férias neste mês de janeiro

Teatro Já –  projeto de teatro online a preços populares - confira a coluna de José Simões

Mais dois idosos morrem por coronavírus em hospital de São Paulo

Com baixo isolamento, Votorantim ultrapassa 100 casos de coronavírus