Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Escola estadual de Sorocaba com 5 professores com Covid continua recebendo alunos, denuncia sindicato

Foto: reprodução
Postado em: 01/06/2021

Compartilhe esta notícia:

Em Sorocaba, nesta semana, mais duas escolas da cidade estão com surto de Covid-19. Na Rafael Orsi Filho, no Júlio de Mesquita, há cinco professores confirmados com o novo coronavírus. Já no colégio Arthur Cyrillo Freire, na Vila Jardini, são dois confirmados e três suspeitos. A informação é da APEOESP (Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo) subsede Sorocaba e região.

 

Além desses casos, a escola estadual Fernanda Camargo Pires, na Vila Barão, também está com uma professora afastada com a doença. As três unidades escolares estão recebendo alunos mesmo diante dos casos confirmados do novo coronavírus.

 

A APEOESP subsede Sorocaba e região acionou a Vigilância Sanitária e agora aguarda um posicionamento para que as escolas com vários casos sejam fechadas imediatamente.

 

Na semana passada, outras três escolas estaduais da região de Sorocaba registraram oito casos confirmados e 16 suspeitos de Covid-19.

 

Em nota, a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo esclarece que segue todos os protocolos definidos por autoridades de saúde e preserva a segurança de professores, servidores e alunos. Nas escolas citadas pela reportagem houve casos confirmados. Os profissionais e alunos contactantes foram afastados e orientados quanto a realização de testes em caso de sintomas.

A interrupção temporária das atividades escolares presenciais pode ser determinada pelas autoridades sanitárias municipais, como parte dos protocolos a serem seguidos. Ressalta-se que se trata de uma medida importante para isolar casos e garantir a não-transmissão da Covid-19 na comunidade escolar, a fim de que após investigação dos casos e tomadas as medidas necessárias, estudantes e profissionais da educação possam retornar com segurança.  


A pasta ressalta que os casos confirmados de servidores e alunos são acompanhados por meio do SIMED (Sistema de Informação e Monitoramento da Educação para COVID-19) da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo, que tem os dados atualizados diariamente.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Traficante de 21 anos tenta fugir e resiste à prisão de GCM na Vila Zacarias

TSE substitui 368 urnas eletrônicas até meio-dia; e-Título funciona de forma satisfatória

Crespo será investigado por crime de responsabilidade e falsidade ideológica

“HumanizAção” verifica pontos da cidade e encaminha 35 pessoas em situação de rua para atendimento

"Puta amante": carro em Sorocaba chama atenção por pichações e danos

Governo de SP anuncia instalação de consultórios veterinários para 130 cidades