Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Deputados aprovam lei que proíbe canis e centros de zoonoses de matarem cães e gatos

Foto: Geovana Albuquerque/Agência Saúde
Postado em: 30/09/2021

Compartilhe esta notícia:

Danielle Brant, FOLHAPRESS


A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (29) o projeto que proíbe a eliminação de cães e gatos por órgãos de controle de zoonose, canis públicos e estabelecimentos oficiais do tipo.


O projeto foi aprovado por votação simbólica e segue para sanção.


Os deputados ressalvaram da proibição os casos específicos que permitam a eutanásia, como doenças graves ou enfermidades infectocontagiosas incuráveis que coloquem em risco a saúde humana e a de outros animais.


A eutanásia será justificada por laudo do responsável técnico pelos órgãos e estabelecimentos oficiais, precedido, quando for o caso, de exame laboratorial.


Se o animal no centro de zoonoses e canil não tiver doença infectocontagiosa incurável que caracterize risco à saúde pública, ele poderá ser disponibilizado para resgate por entidade de proteção dos animais.


As entidades de proteção animal devem ter acesso irrestrito à documentação que comprove a legalidade da eutanásia.


Em caso de descumprimento da lei, o infrator poderá ser penalizado conforme a lei de crimes ambientais.
A lei entra em vigor após 120 dias de sua publicação.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Eleitor com deficiência visual poderá ouvir nome de candidato na urna

Bolsonaro responsabiliza estados e municípios pelos testes para Covid-19 que vencerão em breve

Trabalho do Saae interromperá abastecimento em mais de 15 bairros da ZN

Pedagógica promove encontro entre educadores, editores e fornecedores

Justiça manda soltar 40 dos 41 detidos em rinha de cães; policial e veterinário estão entre os envolvidos

“Resposta jurídica é o impeachment”, diz Witzel sobre divulgação de vídeo por Bolsonaro