Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Deputado federal coronel Tadeu (PSL) concede entrevista na rádio Jovem Pan Sorocaba; confira destaques

Foto: reprodução
Postado em: 13/01/2022

Compartilhe esta notícia:

"Não me arrependo de forma alguma ter quebrado o quadro", diz deputado federal

 

Ao relembrar a polêmica que ocorreu em 2019, em que, o deputado federal coronel Tadeu (PSL) quebrou um quadro no Congresso, integrante de uma exposição sobre o Dia da Consciência Negra, o parlamentar, afirmou que não se arrepende de ter quebrado o quadro, uma arte do chargista Carlos Latuff, onde retratava um negro morto por um policial. O caso viralizou após o coronel postar o vídeo da sua reação em suas redes sociais.


O deputado concedeu a entrevista nesta quinta-feira (13), no Jornal da Manhã, nos estúdios da @jovempansorocabaoficial.



"Foi uma ofensa declarada aos mais de 600 mil policiais militares que trabalham no Brasil. Chamar os policiais de genocida de pessoas negras, é um absurdo, pois, a polícia militar faz muito para a sociedade. (...) Um bandido morrer em uma ocorrência policial, é exceção, portanto, tenho orgulho de ter defendido minha corporação", ressaltou. 

 

"Ainda não sou favorável à vacinação infantil",  opina coronel 

 

O deputado federal Coronel Tadeu (PSL), em entrevista ao Jornal da Manhã, da @jovempansorocabaoficial disse que ainda não é favor da vacinação infantil, já que, de acordo com ele, a letalidade, é muito pequena entre as crianças para justificar a obrigatoriedade da imunização desse público.


"Essa questão da obrigatoriedade é que tem me feito ficar com um pé atrás. Por enquanto, não deixaria meus netos tomarem a vacina, quem quiser levar o seu filho vacinar, fique à vontade, mas, não concordo com a obrigatoriedade", destacou.

 

 

"Eu não acredito em pesquisas que apontam Lula na liderança para vencer as eleições", destaca 
 
Na entrevista concedida ao Jornal da Manhã, da @jovempansorocabaoficial, desta quinta-feira (13), o deputado federal coronel Tadeu afirmou que não acredita em pesquisas que apontam a liderança do ex-presidente Lula, para vencer a disputa presidencial. Além disso, o parlamentar ainda sugeriu que algumas instituições renomadas fazem um trabalho pífio durante pesquisas eleitorais.


"Precisamos ver como exemplo as eleições de 2018, esses institutos de pesquisa fizeram um trabalho pífio. Ao contrário do que aponta algumas pesquisas, o presidente Bolsonaro é muito apoiado em todos os lugares que vai", afirmou.


O deputado ainda afirmou que Lula é criminoso e que paga pesquisas para favorecê-lo. Na opinião do coronel, Bolsonaro vencerá as eleições deste ano.

 

Assista destaques 

 

 

 

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Forma de governar não agrada grupos do passado, diz Bolsonaro

Mulher é presa com vasos de maconha em janela de apartamento no interior de São Paulo

Maia critica ‘falta de prioridade’ do governo federal em ações contra Covid-19

Sorocaba completa 367 anos com programação especial de aniversário

Ônibus cai em ribanceira e deixa 19 pessoas levemente feridas em rodovia de Itu

Museu Histórico Sorocabano promove "Férias no Museu"