Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Denúncia de surto de covid: prefeitura analisa recomendação de MP sobre interdição de colégio

Postado em: 09/06/2021

Compartilhe esta notícia:

A Prefeitura de Sorocaba analisa a recomendação feita pelo Ministério Público de inteditar uma escola particular no Jardim Emília, em Sorocaba, após a a denúncia de um surto de covid-19 no local. 


A Administração Municipal tem o prazo de 48 horas para responder o MP. O Ministério Público abriu inquérito civil, na segunda-feira (7), para apurar o caso. A denúncia partiu da mãe de um aluno. Segundo ela, seu filho foi para a escola, pegou Covid e transmitiu a doença ao pai, que se encontra em estado grave na UTI.


Segundo consta no documento do MP, mais de 20 casos da doença teriam sido constatados em pessoas que circulam pelo local, entre elas alunos e professor. A promotoria recomenda a interdição [pelo prazo de até 30 dias] de todos os prédios da unidade "pelo período suficiente para eliminar a circulação do vírus", sob risco de multa em caso de "persistir a infração de natureza grave ou expor risco a saúde da população".

A Diretoria de Ensino teria visitado o colégio nessa última terça-feira e constatado descumprimento dos percentuais vigentes de alunos presenciais, ou seja, acima de 35% dos alunos matriculados permitidos. A Vigilância Sanitária Municipal (Visa) esteve também na unidade de ensino para fiscalização e as orientações sobre os protocolos sanitários da Covid-19 foram repassadas aos responsáveis pela instituição.


Conforme a promotora pública Cristina Palma, "a escola não está sendo clara e informa possuir dois ou três casos, mas que seriam mais de vinte, inclusive há professor internado. Os alunos se aglomeram no pátio e no restaurante". 


Ainda segundo a promotora, "conforme bilhete produzido pela escola, seriam 10 os alunos já confirmados por Covid até o dia 02 de junho". "A promotoria teve acesso a outros exames de alunos, que inclusive não constam do relatório, pois são do segundo ano do ensino médio, demonstrando que o surto é maior, mais grave e está atingindo as famílias dos alunos e merece sérias providências". 

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Com câncer no sistema digestivo, prefeito Bruno Covas decide se licenciar do cargo

Sorocaba registra 91 óbitos por Covid-19 e casos chegam a 3.240

Jovens tentam salvar garça com o bico preso por lacre de plástico

Câmara apresenta decreto suspendendo proposição sobre transporte por app

Globo de Ouro consagra “The Americans” e “The Kominsky Method” nas categorias de TV

Vereadores de Sorocaba votam Orçamento 2019, com 502 emendas, nesta terça-feira