Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

CUIDADOS COM OS PÉS IMPULSIONAM ABERTURA DE NOVAS CLÍNICAS DE PODOLOGIA EM SÃO PAULO

Postado em: 08/04/2022

Compartilhe esta notícia:

CUIDADOS COM OS PÉS IMPULSIONAM ABERTURA
DE NOVAS CLÍNICAS DE PODOLOGIA EM SÃO PAULO

A Vila Mariana é um dos bairros paulistanos que têm registrado aumento na procura por podólogos com o objetivo de prevenir uma série de doenças graves e melhorar a qualidade de vida

Embora visitar regularmente o podólogo, a fim de cuidar da saúde dos pés, ainda não seja um hábito para os brasileiros, esta atividade tem crescido gradualmente no país, e em algumas cidades, como São Paulo, é nítido o aumento no número de novas clínicas e espaços dedicados a este procedimento.

Os cuidados com os pés são essenciais para ajudar a evitar problemas mais graves, principal no caso dos diabéticos. Pessoas com esta condição de saúde, com mais dificuldades para cicatrização de machucados, têm chances aumentadas de desenvolver processos infecciosos.

O que começa com uma simples remoção errada de cutícula ou uma unha encravada, pode evoluir, em casos extremos, para gangrena e até a perda de parte do membro atingido.

Para se evitar chegar a esta condição, recomenda-se procurar um podólogo em São Paulo, profissional da área de saúde capaz de prestar uma série de serviços, como reconstrução de unhas, refinamento de calos, micoses, cutículas, verrugas e joanetes, bromidrose (chulé), desenrolamento da lâmina ungueal (parte visível da unha), cuidados pós-cirúrgicos suaves e manutenção cosmética.

De fato, muita gente acaba recusando ir ao podólogo por medo de sentir dor, mas a maioria dos procedimentos não é dolorosa, mas isso pode mudar se o pé do paciente estiver machucado ou afetado. Além disso, unhas mal cuidadas podem se tornar focos de bactérias e fungos, podendo provocar mal cheiro e dor.

A atividade do podólogo vai ainda mais além, pois este profissional também está capacitado a realizar exames e análises sobre o tipo de pisada do paciente, tendo com isso parâmetros para diagnosticar uma série de problemas, afinal trata-se de uma estrutura muito complexa, composta de 26 ossos, 107 ligamentos e 33 articulações. Assim, pode recomendar palmilhas e solados especiais, entre outros componentes ortopédicos.

Entre as áreas de intervenção, estão a infantil (podopediatria) e geriátrica (podogeriatria); laboral (pé do trabalhador); desportiva (pé do atleta); preventiva; ortopédica (ortopodologia); e pé de risco (com alterações e especificidades, como o pé dos diabéticos).

Este movimento de aumento na procura por tratamentos envolvendo os pés tem se mostrado em diversos bairros da Capital paulista, com destaque para a região da Vila Mariana, área com ótima qualidade de vida e bastante procurada nos últimos anos para moradia. Neste mesmo contexto, o bairro e o entorno atraem milhares de pessoas anualmente, que buscam diversão em bares e restaurantes, por exemplo.

Ah, e não confundir podólogo com pedicure. Enquanto o primeiro cuida da saúde dos pés, o segundo se dedica ao embelezamento, limpeza e produção de unhas artísticas, entre outros serviços.

 

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

SP entrega ao Brasil total do lote de 600 mil vacinas do Butantan

Sorocaba ultrapassa os 22 mil recuperados da Covid-19

Brasil tem 3.904 casos e 114 mortes por covid-19; SP lidera números, com 1.406 infectados

Pontilhão da avenida Afonso Vergueiro pode ser interditado pela Prefeitura

Controle de perdas: geofones auxiliam na detecção e eliminação de vazamentos

Casos de homicídio aumentam na região de Sorocaba em outubro, divulga SSP