Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Crespo não consegue liminar em Sorocaba e apelará ao Tribunal de Justiça na capital

Postado em: 14/08/2019

Compartilhe esta notícia:

A juíza da Vara da Fazenda Pública, Karina Perez, negou, no final da tarde desta quarta-feira (14), a liminar pretendida pela defesa do ex-prefeito José Crespo (DEM) para reconduzi-lo ao cargo do Executivo de Sorocaba após o processo de cassação. Da decisão, cabe recurso no Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ).

A defesa de Crespo pedia nulidade do processo de votação e cassação por vício de iniciativa do Legislativo, e argumentava, para sustentar o procedimento, a participação do vereador Hudson Pessini (MDB), responsável pelo relatório acolhido pelo plenário da Câmara.

Conforme os advogados de Crespo, Pessini, por figurar como namorado da então vice-prefeita, Jaqueline Coutinho, não poderia participar da votação responsável pela cassação do prefeito.

A juíza, mesmo entendendo haver irregularidades no procedimento defendido pela defesa, argumentou que a participação dele (Hudson) não foi fator preponderante à cassação de Crespo, negando, dessa forma, o deferimento da tutela antecipada (liminar).

Agora, Crespo terá 15 dias, em prazos corridos, para obter um recurso no TJ. Até lá, Sorocaba seguirá sendo governada por Jaqueline.

Veja a íntegra da decisão:

width=1047 width=1045 width=1045 width=1064 width=1054 width=1059 width=1056 width=1044

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Entre os menores de idade, crianças de até 3 anos têm maior chance de transmitir Covid em casa, indica estudo

Prefeitura diz que espera decisão de Dória a representantes de setores não essenciais 

Bandido é flagrado roubando geladeira de escola municipal em Sorocaba

Sebrae oferece capacitação para empreendedores do ramo de Pet Shop em Votorantim

Procon orienta sobre compras para o dia dos namorados

Supremo volta a discutir a possibilidade de desaposentação