Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

CPI da Saúde denuncia esquema de laranjas no Instituto Diretrizes, que dirige UPHs Norte e Oeste

Agência Sorocaba
Postado em: 27/02/2020

Compartilhe esta notícia:

Durante coletiva de imprensa realizada pela CPI da Saúde nesta quinta-feira (27), os vereadores divulgaram a identificação de um esquema de laranjas atuando no Instituto Diretrizes, Organização Social (OS) que opera como gestora de das Unidades Pré-Hospitalares da Zona Oeste e Zona Norte. Ao menos três pessoas do Conselho Fiscal da OS não sabiam que faziam parte do instituto, e uma delas sequer sabe ler e assinar o próprio nome.

Os vereadores Hudson Pessini (Presidente) e a vereadora Iara Bernardi (Relatora) estiveram em Osasco no último dia 19/02, conversando com três pessoas que figuram no quadro de membros do Conselho Fiscal da Diretrizes, e todas disseram desconhecer o Instituto e negaram que fazem parte dele.

A CPI ainda não sabe toda a extensão desse esquema, mas tudo indica que ao menos o Conselho Fiscal foi composto por pessoas que tiveram seus dados pessoas expostos de alguma forma e esses dados foram usados a revelia do conhecimento delas, para compor um Conselho Fiscal que, na verdade, é incapaz de atuar para a finalidade estatutária.

Para a vereadora Iara Bernardi, esse é um dado crítico e aponta para a atuação de uma organização criminosa atuando na cidade. "Trata-se de fraude. Pessoas foram usadas à revelia de seu consentimento, para fazer parte de um esquema multimilionário, que burlou as regras das OSs e conquistou grandes contratos públicos na cidade", diz a parlamentar petista.

O Instituto Diretrizes possui um contrato com a Prefeitura para gerir as UPHs Zona Norte e Oeste por um valor mensal de R$ 5,2 milhões. O contrato celebrado entre Prefeitura e Diretrizes, em 10/01/2019 prevê um custo anual de R$ 63,2 milhões ao ano.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Mamãe Falei visita Sorocaba para apresentar "Locomotiva São Paulo" junto ao vereador Ítalo Moreira

Presidente de escola de samba de Sorocaba morre de covid 5 dias após marido

Polícia investiga caso de homem executado com seis tiros dentro de casa

Saúde de Sorocaba tem WhatsApp para casos de demora no atendimento entre outras demandas

Depoimento de ‘voluntária’ Tatiane Polis é remarcado para o dia 17

PAT Sorocaba suspende atendimento presencial a partir de segunda-feira