Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Corpo de tradutora encontrada morta em Santiago é sepultado em Sorocaba

Postado em: 17/07/2019

Compartilhe esta notícia:

O corpo de Giovanna Elias Bardi, 35 anos, foi sepultado nesta quarta-feira (17), por volta 11h, em Sorocaba. A tradutora foi encontrada morta em 5 de julho no quarto de um hotel em Santiago, no Chile. Na certidão de óbito consta que a causa do falecimento é desconhecida.

Prorrogado para esta quarta-feira (17), a cerimônia de sepultamento foi fechada para amigos e familiares. O corpo da tradutora chegou por volta das 8h, no Cemitério Pax. O atraso nos trâmites de desembarque no Brasil atrasaram o velório e o enterro.

As causas da morte de Giovanna seguem em investigação. Família e amigos acreditam quer a morte foi uma fatalidade. A tradutora apresentava sinais de mal estar, por causa de uma cirurgia bariátrica que realizou há 10 anos.

Giovanna, deveria passar apenas quatro dias no país e sua volta estava prevista para o sábado (6). O último contato com a família se deu na quinta (4). No dia seguinte, após tentativas insistentes por parte dos parentes, foi pedido ao hotel que entrasse no quarto que a tradutora ocupava.

Inicialmente, a administração do local se recusou a invadir o apartamento, mas com o passar das horas interviu. A jovem foi localizada morta. As causas do falecimento ainda não foram reveladas.

De acordo com informações da família, a polícia chilena investiga o caso e a morte pode ter sido causada por um mal súbito.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Contagiados com variante britânica da covid-19 não transmitem mais doença, diz prefeitura

Crespo volta atrás e contrata 43 professores para escolas municipais

Sorocaba recebe “Dia D” contra dengue neste sábado; cidade vive epidemia

Vídeo: em novo caso de tortura em mercado, homem é amarrado e leva choques

Deputado federal atropelado é transferido para hospital da capital

Alvaro Dias vota e diz que campanhas eleitorais são injustas