Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Compra de apostilas do Sesi por R$ 9 milhões é publicada no Jornal do Município

Postado em: 28/12/2018

Compartilhe esta notícia:

Alana Damasceno

A edição desta última quinta-feira (27), do Jornal do Município de Sorocaba, publicou a compra das apostilas do Sesi para uso da rede municipal de ensino, por mais de R$ 9 milhões. A aquisição do material didático é defendida pelo secretário de Educação, André J. Gomes, e pelo prefeito José Crespo (DEM).

O valor total da compra é de R$ 9.044.920,70. A publicação consta na página 2 da edição nº 2.170 do periódico – leia aqui na íntegra -, nas notas referentes às ações da Selc (Secretaria de Licitações e Contratos). De acordo com o divulgado, a aquisição tem intuito de atender a educação básica municipal. Outra compra de alto valor que aparece para a área de Educação é a de kits de livros “Brasil Sustentável” para escolas do Ensino Fundamental, com valor de R$ 777.450,00.

width=753

width=678

width=695

A aquisição das apostilas tem sido alvo de debates e polêmica. O processo CPL nº 923/2018 chegou a ser barrado na Justiça, por meio da Vara da Fazenda de Sorocaba, após uma Ação Civil Pública feita pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (SSPMS). Entretanto, o Tribunal de Justiça de São Paulo derrubou o impedimento, assim autorizando a Prefeitura de Sorocaba a continuar com a compra do material didático.

O Conselho Municipal de Educação de Sorocaba, que tem poder deliberativo a respeito de suas decisões, também posicionou-se contra a compra das apostilas.

A vereadora Iara Bernardi (PT) protocolou, no início de dezembro, no Ministério Público Federal e no Ministério Público Estadual, representações solicitando que os órgãos investiguem a situação do chamado “apostilamento” no município de Sorocaba, tanto o cancelamento da adesão ao PNLD (Programa Nacional do Livro Didático) quando a aquisição de apostilas do Sistema SESI.

width=1480
Vereador Irineu Toledo e secretário de Educação André Gomes, segurando o material didático do Sesi

A parlamentar, inclusive, denunciou que a prefeitura decidiu devolver para o governo federal cerca de 60 mil livros das mais diversas disciplinas, que são disponibilizados de forma gratuita para a rede municipal de ensino.

O secretário de Educação de Sorocaba, André J. Gomes, defende o apostilamento do Sesi para as crianças que frequentam as unidades de ensino. O chefe da Pasta, inclusive, gravou um vídeo mostrando orgulhosamente o material.

Assista o vídeo abaixo

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Governo de SP define calendário para o ano letivo de 2022 na rede estadual

Doria anuncia toque de recolher, fecha escolas, restringe comércio, proíbe cultos e futebol em fase emergencial de 15 dias

Vereadores rejeitam por unanimidade revogação de área cedida ao MP

STF derruba decisão que mandou soltar acusado de homicídio

Diante de número de mortes por coronavírus, Congresso decreta luto por três dias

Filho do ex-presidente Lula é vítima de assalto na zona sul de São Paulo