Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Caos covid-19: imagens que viralizaram mostram agravamento da pandemia em Sorocaba

Foto: reprodução
Postado em: 22/03/2021

Compartilhe esta notícia:

Diversas imagens que circularam pelas redes sociais e aplicativos de troca de mensagem, durante a última semana em Sorocaba, mostram o agravamento da pandemia na cidade e a elevação da preocupação de profissionais que trabalham na linha de frente contra a covid-19. 

 

1. Oração na Santa Casa

A foto de uma equipe que trabalha na Irmandade da Santa Casa Misericórdia de Sorocaba foi compartilhada por diversas vezes nas plataformas digitais. Ela mostra o momento em que o grupo faz uma oração. "Em um gesto espontâneo os profissionais de saúde das UTI’s COVID da Santa Casa se reuniram em um breve momento de oração!". 

A mesma imagem foi publicada pelo governador João Doria. "Emocionante. Momento de fé e oração dos profissionais de saúde que atuam na UTI Covid-19 da Santa Casa de Sorocaba - SP. Que Deus proteja nossos heróis na linha de frente dessa batalha". 

A imagem repercute também na capa da edição desta segunda-feira, 22, do jornal Folha de S. Paulo.

 

stacasa11

doria

folha12

 

2. Unimed 100% lotada

Outra imagem que chamou a atenção dos sorocabanos foi uma faixa colocada no último sábado (20), na unidade da Unimed Sorocaba, com os seguintes dizeres: "A Unimed Sorocaba informa: estamos com mais de 100% da capacidade de atendimento de nossos leitos de enfermaria e UTI".

Um informativo postado nas redes sociais da Unimed também foi compartilhado por diversas vezes. Datado de 20 de março, último sábado, o comunicado anuncia a suspensão de cirurgias e procedimentos eletivos "em função do avanço dos casos covid-19". 

 

11800411-54a8-4503-9786-e7c5ba374f59


76fec979-5210-4e0b-8008-472f257cd4a9

 

3. Deputado federal desabafa

O deputado federal Vitor Lippi (PSDB) publicou em suas redes sociais um vídeo em que se mostra preocupado com o avanço de casos do novo coronavírus. Em desabafo, ele comenta: "por mais que corramos contra o tempo, todos precisam colaborar! Temos menos de uma semana para resolver o que está acontecendo, porém, se a taxa de transmissão continuar, milhares ficarão a espera de um leito. Morrendo sem atendimento. Não temos mais tempo e nem mesmo capacidade de ampliação".


Assista 




4. Médico mostra UTI lotada

O coordenador de uma das UTIs do Conjunto Hospitalar de Sorocaba, o médico Paulo Roberto de Abreu Sampaio, fez um apelo, por meio de vídeo, para que as pessoas se cuidem durante a pandemia, para não serem contagiadas pelo novo coronavírus. 

Na gravação, o especialista aparece na UTI lotada. "Nossa realidade são leitos lotados há quase 1 ano. Recebemos pacientes diariamente de todas as cidades da região. Todos os profissionais de saúde se revezam para os cuidados desses pacientes. Sempre na batalha, temos nos desgastado frequentemente, mas seguimos nesses cuidados", afirma.


Assista

 

5. Cenário de guerra

A médica infectologista Naihma Salum Fontana, que atua em dois hospitais, sendo um em Sorocaba e outro em Itu, gravou um vídeo no domingo (14), que viralizou nas redes sociais. Nele, ela fala que "chegou o momento que mais temíamos: o colapso na saúde". "Não tem vagas e não param de chegar pacientes precisando de vagas. É uma situação de trincheira, de guerra. Nunca imaginei passar por isso. Em um dos hospitais que trabalho existe uma estrutura muito boa, que não está sendo suficiente". 

Assista

 

Covid-19 em Sorocaba

 

A Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria da Saúde (SES), registrou aumento do número de recuperados da Covid-19 neste domingo (21), chegando ao total de 37.667. Já, os casos confirmados com a doença passaram de 39.522 para 39.653 na cidade. Os óbitos com a confirmação da doença se mantiveram em 905 e a taxa de letalidade no município é de 2,2%, abaixo da taxa estadual, que é de 2,9% e da nacional, que se encontra em 2,4%.

 

Sorocaba recebeu a notificação de mais 131 casos confirmados da Covid-19, 171 recuperados e nenhum óbito neste domingo (21). Do total de confirmados, 223 estão internados (115 em UTI) e o total de pessoas em recuperação (isolamento domiciliar) é 858.

 

A cidade apresentou aumento do número de pessoas com suspeita de contaminação pelo Coronavírus e que aguardam resultados, de 1.197 para 1.583. Entre os suspeitos, 159 estão internados em hospitais da cidade, sendo 66 em UTI. Há sete óbitos em investigação. O número de descartados por resultados negativos da doença aumentou para 92.287.

 

Taxa de ocupação dos leitos Covid

 

No censo diário de leitos da Covid-19 deste domingo (21), no Hospital Estadual Adib Jatene cinco leitos clínicos Covid estão ocupados, sendo cinco pactuados. Já os 30 leitos de UTI Covid (Unidade de Terapia Intensiva) encontram-se 96,66% ocupados. Outro hospital de esfera estadual, o Conjunto Hospitalar de Sorocaba (CHS), possui 11 leitos clínicos Covid e 11 estão ocupados. O leito de UTI infantil Covid está desocupado. Dos 32 leitos de UTI Covid disponibilizados neste hospital, 31 estão ocupados.

 

Dos hospitais contratualizados pela Prefeitura de Sorocaba para oferecer leitos Covid, a Santa Casa está com 80,95% de ocupação nos leitos clínicos Covid. Ou seja, dos 21 existentes, 17 possuem pacientes. A ocupação de UTI Covid da Santa Casa é de 90,90%, o que representa 50 leitos ocupados dos 55 contratados. O Hospital Santa Lucinda possui um total de 18 leitos clínicos Covid e 18 estão ocupados. O mesmo hospital também possui dois leitos de UTI Covid quem encontram-se ocupados. Dos seis leitos clínicos Covid do GPACI, um está ocupado. O hospital Amhemed possui 10 leitos clínicos Covid e 10 estão ocupados. Já, dos três leitos de UTI Covid deste mesmo hospital, três estão ocupados.

 

O Centro de Estabilização Covid São Guilherme está com 15 leitos de enfermaria Covid ocupados do total de 17. Dos três leitos Covid de Suporte Ventilatório Avançado, nenhum está ocupado. O Centro de Estabilização Zona Oeste está com 13 leitos de enfermaria Covid ocupados do total de 13. Dos 23 leitos Covid de Suporte Ventilatório Avançado, 21 encontram-se ocupados.

 

Na rede particular, o Hospital Unimed encontra-se com 100% de ocupação dos leitos adultos clínicos Covid (80 leitos ocupados dos 80 pactuados) e 100% dos de UTI (50 leitos ocupados dos 50 existentes). Os dois leitos infantis de UTI Covid deste hospital encontram-se ocupados. O Samaritano possui 24 leitos clínicos Covid ocupados do total de 26 existentes. Já, a UTI Covid dessa mesma instituição está com 100% de ocupação, o que significa 29 leitos ocupados dos 29 disponibilizados. Dos dois leitos de UTI Covid para crianças, nenhum possui paciente. O Hospital Evangélico atingiu 100% de ocupação de sua UTI Covid (22 leitos ocupados dos 22 pactuados) e 85,29% dos leitos clínicos (29 leitos ocupados dos 34 pactuados). O Hospital Amhemed possui cinco leitos clínicos Covid ocupados, sendo 13 pactuados. Já a UTI do mesmo hospital possui sete leitos ocupados do total de sete.

 

Conscientização e combate à Covid-19

 

A Secretaria da Saúde (SES) reforça que é preciso que as pessoas continuem usando máscara, álcool em gel e mantendo o distanciamento social. A conscientização da população sobre as medidas preventivas de combate à Covid-19 é fundamental.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

OMS desaconselha máscaras com válvulas para proteção contra Covid-19

Vacina chinesa contra Covid-19 pode estar disponível no SUS em dezembro, diz Doria

‘SuperPalhaços’ abre inscrição para curso de humanização hospitalar

Fiocruz ultrapassa Butantan como maior fornecedora de vacinas contra Covid

Mães menores de idade já podem pedir auxílio emergencial

Menores vítimas de violência sexual costumam mostrar sinais