Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Adolescentes flagrados com 350 porções de drogas são liberados de delegacia após GCM detê-los

Foto: divulgação/GCM
Postado em: 21/05/2020

Compartilhe esta notícia:

A Guarda Civil Municipal flagrou e deteve dois adolescentes, sendo um de 13 anos e outro de 15 anos de idade, traficando diversas drogas, nesta última quarta-feira (20). Após serem encaminhados ao Plantão Policial para registro da ocorrência, ambos foram liberados. 


Conforme informações da GCM, a Ronda Ostensiva Municipal (ROMU) realizava patrulhamento próximo da Escola Municipal Prof° Amin Cassar, no Jardim Santa Cecília, quando recebeu denúncia que na rua Isabel Maria Rodrigues haviam duas pessoas possivelmente vendendo entorpecentes.

 

Os agentes foram até o local e notaram os dois jovens com as características informadas, estes, ao perceberem a presença da viatura começaram a correr, vindo a passar por um córrego e entraram em uma construção para se esconder, mas acabaram detidos.


A GCM constatou que os suspeitos eram um adolescente de 13 anos, que carregava uma sacola contendo 109 porções de cocaína, 110 porções de crack, 11 porções de maconha, 13 porções de LSD, 9 porções de Skank e R$ 20 reais, já o outro adolescente de 15 anos estava com 100 pinos de crack.


Questionados, os adolescentes informaram que estavam realizando as vendas dos entorpecentes pelo local e que haviam acabado de receber o material ilícito.

Diante dos fatos, ambos foram encaminhados ao Plantão Policial Norte, onde após a elaboração de ato infracional de tráfico de drogas, os adolescentes foram liberados para suas mães.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Senado aprova que 5 universidades federais contratem durante pandemia

Sorocaba totaliza 12.200 casos da Covid-19; número de recuperados sobe para 11.491

Em resposta a Dini, Paço diz que uso de prédios do “Sabe Tudo” está indefinido

Conselho Tutelar: inscrições abertas para 30 novos membros; salário é de R$ 3,8 mil

OCDE pede fim de restrição estrangeira na mídia e agência única para o Brasil

MS cria comitê técnico para acompanhar a vacina de Oxford