Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Adolescente que agia como "homem pateta" em Sorocaba tem apenas 12 anos, revela delegado

Foto: reprodução
Postado em: 14/07/2020

Compartilhe esta notícia:

O adolescente que se passava por "homem pateta" em Sorocaba tem apenas 12 anos, revelou o delegado responsável pelo caso, Rodrigo Ayres, durante entrevista ao Jornal da Manhã, da Jovem Pan Sorocaba, nesta manhã de terça-feira (14). 


O personagem se tornou uma figura conhecida na internet por estimular adolescentes e crianças a cometer automutilação, desafios constrangedores e até mesmo suicidas em alguns casos. "Ele instigava, por exemplo, a vítima a sair correndo nua até o quintal de casa. Coisas desse tipo. Se ela não fizesse, teria de se mutilar. Se a criança não fizesse isso, ele ameaçava a criança dizendo ´vou pegar você, vou até sua casa´", detalhou o delegado durante a entrevista. 

 

"Ele [o investigado] fazia contato com crianças e adolescentes no qual ele tinha um certo convívio, não contato direto. Mas ele conversava com as crianças e a criança não sabia de quem se tratava", completou Rodrigo Ayres, também informando que o garoto utilizava como foto de perfil a imagem do homem pateta (foto acima).

 

Parentes das crianças, percebendo o fato, registraram boletim de ocorrência, pela internet, reportando o caso.


Conforme informações da Polícia Civil, na tarde de sexta-feira (10) investigadores da Delegacia Seccional de Sorocaba realizaram o cumprimento de um mandado de busca e apreensão na residência do suspeito de utilizar o perfil, no aplicativo de troca de mensagens WhatsApp, sob o nome de Jonathan Galindo para instigar as vítimas.


A Polícia Civil constatou que a pessoa por trás desse perfil era um adolescente que mora na Zona Norte, sendo apreendido na oportunidade o seu telefone celular, o qual será objeto de exame pericial.


O adolescente confessou o envio das mensagens utilizando-se do referido perfil, porém afirmou que se tratava apenas de uma brincadeira.


O apurado na investigação será encaminhado à Vara da Infância e Juventude e o adolescente poderá responder pelos atos infracionais de ameaça e instigação ao suicídio.


A Delegacia Seccional de Sorocaba reafirma a necessidade da cautela do uso de redes sociais por crianças e adolescentes.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Homem agride esposa que estava com bebê no colo, ateia fogo em casa e é preso

Usuários do transporte coletivo podem comprar créditos em locais credenciados

Baile funk no Habiteto irrita moradores: "O poder público é omisso"

Mais de 1,5 milhão de estudantes já visualizaram resultados do Enem

Filhos e pais aproveitam fim das férias em parque do Paço Municipal

Em perseguição, motociclista sofre acidente e acaba preso; moto que ele pilotava era ‘dublê’