Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

A metade da laranja e a Campanha da Fraternidade - veja a coluna semanal de Vanderlei Testa

Foto: Vanderlei Testa
Postado em: 27/02/2021

Compartilhe esta notícia:

Por Vanderlei Testa

 

Quando descascamos uma laranja e ofertamos a metade a quem está a nossa frente ou do lado, temos a opção de ficar com a parte mais doce ou a mais seca. Digo isso porque já aconteceu comigo.

 

A comparação que faço da laranja é para afirmar que na vida também podemos optar em oferecer o melhor ao nosso próximo. Se deixarmos o egoísmo tomar conta do nosso ser, vamos dar a secura do nosso coração, como na laranja. Se deixarmos a bondade ser a luz que imana do eu interior, certamente a doçura dos nossos atos chegará a quem amamos.

 

A Campanha da Fraternidade na Arquidiocese de Sorocaba vem sendo orientada por dom Julio Endi Akamine com doçura, sabedoria e discernimento. Os cinco vídeos gravados por dom Julio estão disponíveis em seu canal do Facebook. Eles explicam a posição oficial de dom Julio. É a parte doce da laranja que ele nos proporciona para, unidos na oração, entendermos o real significado da campanha.

 

Há 50 anos a arquidiocese de Sorocaba realiza sob a orientação do bispo, em todas as gestões dos antecessores, a doçura dos temas discernidos nesta CF. Em 2021 tem havido sentimentos adversos na atual campanha. Respeitamos, mas com discernimento, pensamos que o lado egoísta ou intempestivo de alguns prefere dar a parte seca da fruta aos seus amigos internautas. Não é criticando negativamente que se constrói unidade. O posicionamento positivo, interagindo com a verdade da mensagem da Campanha da Fraternidade Ecumênica “Fraternidade e Diálogo: compromisso de amor” e o lema “Cristo é a nossa paz: do que era dividido, busca fazer uma unidade”, enriquece nossa fé.

 

O Conselho de Leigos da Arquidiocese de Sorocaba, presidido por Maria Regina Soares Fernandes, tem compartilhado a mensagem da CF de Dom Julio Endi Akamine nas redes sociais. Todos os membros do Conselho estão irmanados na proposta da Campanha da Fraternidade que o clero da arquidiocese está passando aos seus fiéis das paróquias sob a orientação de Dom Julio.

 

Dom Julio comentou com objetividade em artigos publicados recentemente: A atuação da Arquidiocese na promoção da justiça social se dá principalmente através da formação da consciência ética em vista da vida em sociedade. Nesse sentido, a Campanha da Fraternidade tem se revelado como uma forma eficaz de a Igreja propagar o Ensino Social não só entre os fiéis, mas também entre de outras Comunidades Eclesiais e as pessoas de boa vontade.

 

A Campanha da Fraternidade exprime bem o senso de catolicidade da Igreja: sem abdicar de seu sentido religioso de conversão pessoal, sem deixar no esquecimento o que é próprio do catolicismo, interpelam também os irmãos de outras igrejas, os membros de outras tradições religiosas e os ateus a se envolverem na quaresma – algo tão católico! – tomando parte do seu empenho pela elaboração, realização e acompanhamento de políticas públicas em vista da construção de uma sociedade humana, fraterna e queridas por Deus. Nesse sentido, a Campanha da Fraternidade constitui um programa de formação anual e continuado, realizado em todas as dioceses do Brasil voltado para todos os fiéis e para os agentes sociais tanto no seu aspecto teórico quanto prático.

 

A Arquidiocese de Sorocaba está comprometida concretamente com muitas ações sociais que decorrem do Evangelho.

 

www.facebook.com/domjulioendiakamine e www.facebook.com/conselhodeleigossorocaba


Vanderlei Testa é jornalista e publicitário; escreve aos
sábados no Jornal Ipanema e no www.facebook.com/artigosdovanderleitesta

 

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Fábrica clandestina de álcool em gel é interditada em Sorocaba

Câmara aprova criação do selo “Amigo dos Animais”; dívidas com a Prefeitura poderão ser pagas com cartão

Volta às aulas presenciais será obrigatória em SP a partir de próxima segunda

Justiça de SP derruba lei que permitia a preso diminuir pena com leitura da Bíblia

Frota anuncia nesta sexta, ao lado de Doria, que vai para o PSDB

O DEDA QUESTÃO: Orçamento 2019 – confiança ou hora de fechar as torneiras?