12 de Abril de 2024
Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

A “Amizade social”, tema da CF 2024 começou com a Quaresma no Brasil - veja a coluna de Vanderlei Testa

Arte: VT
Postado em: 15/02/2024

Compartilhe esta notícia:

Na Igreja de Santa Cruz, o padre Tadeu Rocha Moraes presidiu às 8h30 do dia 14 de fevereiro a missa de abertura da quaresma, com a imposição das cinzas nos fiéis. A imposição das cinzas simboliza a vontade de cada fiel de manter-se no caminho correto de cristianismo, da sua disposição em converter-se de reconhecimento da sua mortalidade que necessita da graça divina para perdoar os seus pecados. Este é um tempo de paz, oração, respeito, reflexão, doação, reconciliação, perdão, união, tempo de fé, tempo de amor.

 

“É tempo de agir e, na Quaresma, agir é também parar: parar em oração, para acolher a Palavra de Deus, e parar como o Samaritano em presença do irmão ferido. O amor de Deus e o do próximo formam um único amor. Não ter outros deuses é parar na presença de Deus, junto da carne do próximo. Por isso, oração, esmola e jejum não são três exercícios independentes, mas um único movimento de abertura, de esvaziamento: lancemos fora os ídolos que nos tornam pesados, fora os apegos que nos aprisionam. Então o coração atrofiado e isolado despertará. Para isso há que diminuir a velocidade e parar. Assim a dimensão contemplativa da vida, que a Quaresma nos fará reencontrar, mobilizará novas energias. Na presença de Deus, tornamo-nos irmãs e irmãos, sentimos os outros com nova intensidade: em vez de ameaças e de inimigos encontramos companheiras e companheiros de viagem. Tal é o sonho de Deus, a terra prometida para a qual tendemos, quando saímos da escravidão”, destacou o Papa Francisco na sua mensagem da quaresma aos brasileiros no dia 14 de fevereiro.

 

Terça-feira de carnaval. 13 de fevereiro de 2024. Véspera da quarta-feira de cinzas (14), que começou em Sorocaba com missa presidida por dom Julio Endi Akamine às 12 h na Catedral Metropolitana. Vou escrever o meu artigo para o jornal Ipanema na tarde ensolarada dos 35 graus sob um ar condicionado de 19 graus. Assisto a televisão no canal Discovery Science a invenção do jogo Atari. Bingo! Comparação da minha inspiração com o tema da Campanha da Fraternidade 2024.

 

Apareceu a pauta desta crônica semanal aos leitores. Tive um Atari quando surgiu no Brasil. Um controle remoto básico e simples que movimentava na tela da TV um joguinho precursor dos games de hoje. Custava caro e nasceu de inspiração de cientistas da NASA. A evolução dos jogos eletrônicos pode ser vista nas atuais animações que as telinhas de celular incentivam as crianças a operar com técnica e rapidez. 

 

No Japão, esses jogos foram consumidos pelos jovens estudantes que eram fanáticos pela novidade das guerras cibernéticas. Paul Stee, um dos criadores de jogos do Atari contou no canal Sciense como o jogo das “boquinhas que comiam os adversários” com suas animações, apresentou uma grande mudança no comportamento humano. Os fliperamas vieram em seguida para homens, mulheres e crianças no “Pacman”, no início da década de 80, arrebatando milhões de jogadores. Um novo mundo estava surgindo nesse estilo de vida tecnológico. Os chips mudaram a evolução dos jogos. Cem milhões de dólares foram faturados com o primeiro jogo dos consoles com cartuchos da Atari. 

 

A lição de vida que pretendo deixar nesta crônica tem nome. Nada substitui o relacionamento pessoal entre os seres humanos. A Campanha da Fraternidade 2024 alerta para um tema e lema sobre isso: somos todos irmãos e irmãs. E não somos pessoas e máquinas dialogando.

 

Os jogos como o Atari e centenas ou milhares de outros que surgiram nos últimos 40 anos, foram sendo substituídos e deram prejuízos às fábricas e infelizmente tiraram o relacionamento pessoas entre os jovens. Já a evolução do ser humano nunca parou de existir, seja través do diálogo, olho no olho, boas prosas e amor no sentimento que brota entre pessoas, não é um jogo, mas um dom de Deus. A quaresma iniciada na quarta-feira de cinzas, tem essa prerrogativa de chamar à atenção aos cristãos católicos para refletirem que vieram do pó e no pó retornarão. A Campanha da Fraternidade e o tema deste ano “Fraternidade e Amizade social” e o lema “Vós sois todos irmãos e irmãs” (Mt 23,8) são certeiros. 

 

Nunca existirá tecnologia exata e duradoura como a afirmação do apóstolo Mateus, “Vos sois todos irmãos e irmãs”. Que a amizade social de aplicativos e sites de relacionamento sejam frutos de respeito e afeto e não de aproveitadores que visam unicamente ganhar dinheiro enganando o próximo. 

 

Vanderlei Testa, jornalista e biógrafo, escreve no jornal Ipanema aos sábados

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Câmara realiza sessão extraordinária com reajuste de servidores e cartão alimentação

Sicredi Agroempresarial realiza “Especial de 35 anos”

Delgatti prestará novo depoimento à PF nesta sexta-feira

Homem morre e duas mulheres ficam feridas após colisão com cavalo em estrada de Votorantim

Sob pressão de ideológicos, Feder diz que recusa convite de Bolsonaro para o MEC

Carro usado por suspeitos de matar funcionário de conveniência é encontrado na Zona Norte