Vereadora propõe lei para divulgação de vagas a pacientes esperando internação

Peemedebista quer agilizar processos na Rede Municipal de Saúde sorocabana / Foto: Divulgação/Secom

Um projeto de lei, apresentado pela vereadora Cíntia de Almeida (PMDB), nesta terça-feira (12), na Câmara Municipal de Sorocaba, obriga a Prefeitura a divulgar a relação de pacientes que aguardam vagas para internação, há mais de 48 horas, na rede pública de saúde. “Nosso objetivo é dar mais transparência à situação para que os pacientes e seus parentes possam se orientar melhor nesse momento difícil de uma doença ou de uma intervenção hospitalar, pois a espera angustia e a falta de informação desespera”, disse a vereadora.

De acordo com a proposta, o município terá de publicar no Jornal do Município e no Portal da Prefeitura (internet), bem como afixar cartazes atualizados em locais visíveis ao público nas unidades de saúde (hospitais, UPHs, UPAs e UBSs), as iniciais dos pacientes em espera.

Também deverão ser divulgados o número do documento de entrada de cada um, a idade, o sexo, a cidade em que residem, a data em que entraram na unidade; a data, o dia e a hora em que foi solicitado o pedido de internação e para qual unidade hospitalar foi a solicitação.

Além disso, o documento de divulgação deverá indicar o tipo de internação solicitada: se foi para UTI, leito normal ou outro tipo ainda. E todas as informações deverão ser retiradas imediatamente após a saída dos pacientes envolvidos das unidades de saúde.

Deixe um Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here