Irineu reclama na Ipa FM que é ‘perseguido’ por ser pastor da Universal

Da esquerda para a direita: Deda Benette, vereador Irineu Toledo e Kiko Pagliato / Foto: Ipanema Online

O vereador Irineu Toledo (PRB), o mais novo líder da base do governo do prefeito José Crespo (DEM) na Câmara, foi entrevistado no Jornal da Ipanema, da Rádio Ipanema, 91,1 FM na manhã desta segunda-feira (13). Ele falou como será sua liderança no governo do democrata e ainda disse sofrer ‘perseguição’ por ser pastor da Igreja Universal do Reino de Deus.

Líder na Câmara 


Toledo relatou sua postura no cargo de líder. “Continuo sendo vereador, minha palavra tem que ser verdade, mas aceito o desafio. Vou deixar bem claro que projetos que não concordo não vou encaminhar”.

O vereador também revelou, ao vivo, que Crespo teve problema com a Câmara porque a “subestimou”. “Tem que dialogar com as pessoas. A verdade não pode ser só dele”, enfatizou.

Vereador e pastor Irineu Toledo, do PRB / Foto: Ipanema Online

Ainda segundo o parlamentar, o vereador José Francisco Martinez (PSDB) era o mais cotado para ser líder do governo, entretanto o mesmo teve dificuldades por conta da decisão do partido tucano, de ser oposição ao governo do democrata.

A assessoria de Crespo enviou uma nota, no último sábado (11), afirmando que o prefeito escolheu Irineu para ser o líder do governo na Câmara. Irineu substitui o colega Fernando Dini (PMDB), que esteve na função durante a primeira fase do governo do prefeito Crespo. O peemedebista deixou a liderança assim que foi nomeado secretário de Segurança e Defesa Civil da Prefeitura para a segunda fase da gestão.

Preconceito por ser pastor


O, agora líder, demonstrou-se irritado com críticas de parte dos eleitores por ser pastor da Igreja Universal do Reino de Deus e disse não ser visto como deveria. “Por eu ser pastor não posso ser líder, não posso ser nada, você tem que mostrar para população quem você é”, esbravejou. “Sou aposentado e contribuí durante 35 anos para o INSS. Trabalhei no Serasa por anos, tenho dois filhos”, defendeu-se.

“O representante da Apeoesp [professores] pode, do sindicato pode, da polícia, pode, representante LGBT pode”, apontou. “Mas eu é diferente. Vereador Irineu Toledo, pastor da Igreja Universal do Reino de Deus… isso é perseguição”, declarou.

Durante o debate ele reclamou pelo jeito que é tratado. “O povo da igreja discute o que quiser, alguém vai ter uma religião, só eu que não posso”.

O Vereador foi eleito com 4.468 votos.

 

1 Comentário

  1. Todos vereadores ,Pastores de Sorocaba, são hipócritas e vendedores de moralidade. Além de tirar dinheiro dos fieis, tiram dinheiro da população com salário altos.

Deixe um Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here