Veja dicas para redobrar os cuidados com enchentes e inundações no verão

Alagamento na avenida Dom Aguirre, em 2016 / Foto: Julio Salvo

Com a chegada do verão e o aumento das chuvas, é preciso ficar atento e redobrar os cuidados com as inundações. Por causa da grande quantidade de água que chega em um curto espaço de tempo, acontece o acúmulo nas ruas e nos perímetros urbanos e também o transbordamento de rios, mares, lagos e açudes.

Existem várias causas para as enchentes. Pode ser por causa de desmatamento de encostas e assoreamento dos rios, acúmulo de lixo nos bueiros e rios que prejudicam o escoamento da água, insuficiência da rede de galerias pluviais e pavimentação de ruas e construção de calçadas, reduzindo a superfície de infiltração.

Para prevenir acidentes, a Defesa Civil do Estado de São Paulo traz algumas dicas. É importante nunca colocar a vida em risco, mesmo que seja para salvar documentos ou objetos de valor. Confira abaixo:

Cuidados antes

-Tenha um lugar previsto, seguro, onde você e sua família possam se alojar no caso de inundação;
– Coloque documentos e objetos de valor em sacos plásticos bem fechados e em local protegido;
– Feche as portas, janelas e o registro de entrada de água;
– Desconecte os aparelhos elétricos da corrente elétrica para evitar curtos-circuitos;
– Retire todo o lixo e leve-o para áreas não sujeitas a inundações;
– Retire os animais de estimação de casa;

Cuidados durante

– Proteja a sua vida, a de seus familiares e amigos. Evite contato com as águas de enchentes, elas estão contaminadas e podem provocar doenças;
– Evite voltar para casa até as águas baixarem e o caminho estar seguro. Só entre na água se for absolutamente necessário, usando botas de borracha;

Cuidados depois

– Tenha cuidado: veja se a sua casa não corre risco de desabar;
– Remova a lama e o lixo do chão, das paredes, dos móveis e utensílios. Não use equipamentos elétricos que tenham sido molhados;
– Lave e desinfete os objetos que tiveram contato com as águas da enchente;
– Evite beber água ou comer alimentos que tiveram contato com as águas da inundação, pois eles podem estar contaminados;

Para emergências, basta ligar para Defesa Civil no 199 ou para o Corpo de Bombeiros no 193.