Raul Marcelo: postura de Crespo com Jaqueline durante desavença foi “machista”

Foto: reprodução/Facebook

O deputado estadual Raul Marcelo (PSOL), durante transmissão ao vivo pelo Facebook Ipa Online, em entrevista ao jornalista Djalma Benette, responsável pelo blog “O Deda da Questão”, comentou sobre a desavença entre o prefeito José Crespo (DEM) e a vice-prefeita Jaqueline Coutinho (PTB).

Raul entende que a postura do democrata perante a vice, sobre a confusão ocorrida em seu gabinete por conta da investigação sobre o falso diploma da ex-assessora Tatiane Polis, foi antiética, machista e humilhante. “[…] Nós vimos a forma que o prefeito conduziu quando as questões de gênero se colocaram à sua frente no sexto andar. Ele não pensou duas vezes em ter uma postura antiética, machista e, inclusive, de humilhação em relação à vice-prefeita”.

“O que aconteceu na prefeitura, na minha visão, só teve essa repercussão porque teve essa mudança de época [referindo-se à chegada das redes sociais e combate à violência contra a mulher] e você tem esse personagem que tem mentalidade de outra época num período que você tem um outro entendimento em relação à questão das mulheres. Agora fica a lição. O homem público precisa ficar sintonizado com sua época”, declarou.

Raul aproveitou para defender que também foi autor do Projeto de Lei Estadual sobre o ‘Botão do Pânico’ que, por sinal, segundo ele mesmo, veio antes do municipal. “Eu sou o autor da lei estadual. Foi inclusive vetada pelo governador argumentando que havia um problema técnico para implementá-lo”, disse. Ele elogiou o projeto municipal defendido por Jaqueline para a cidade.

O parlamentar disse que irá fiscalizar também as promessas de campanha feitas por Crespo, entretanto, irá respeitar os primeiros 12 meses de seu mandato para então começar as cobranças. “O que se espera da oposição é que se faça um diagnóstico do que foi colocado na campanha e cobre que seja executado”, explicou. “Nossa ideia é esperar o fim dos 12 meses e fazer um balanço que vai ser interessante, inclusive para a cidade”, afirmou.

Assista a entrevista completa

 

Deixe um Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here