Jaqueline assinou o documento, acompanhada pelo secretário Pupin, com o Secretário de Estado, Mágino Barbosa Filho

A Prefeita de Sorocaba, Jaqueline Lilian Barcelos Coutinho (PTB), assinou, na manhã desta quarta-feira (13), um convênio com a Secretaria Estadual de Segurança Pública para a implantação do sistema ‘Detecta’, que potencializará a atuação da Guarda Civil Municipal na detecção de veículos envolvidos em crimes. O sistema deverá entrar em funcionamento ainda em setembro, ou no início de outubro.

Jaqueline esteve acompanhada do Secretário Municipal de Segurança e Defesa Civil, José Augusto de Barros Pupin, e foi recebida pelo Secretário Estadual de Segurança Pública, Mágino Alves Barbosa Filho. O Sistema Detecta, segundo a Chefe do Executivo, será implantado através da GCM. Além disso, a Guarda receberá treinamentos por parte dos professores da Polícia Civil. Esse treinamento terá abrangência na Região Metropolitana de Sorocaba.

“Com esse convênio, estamos garantindo mais segurança para nosso cidadão, e maior agilidade no combate a crimes por parte da GCM, que é extremamente ativa, e contará agora com informações das forças policiais do Estado para ter uma ação ainda mais assertiva, eficiente e rápida”, ressalta a Chefe do Executivo.

O sistema permitirá que a GCM receba informações das Polícias Civil e Militar sobre registros de ocorrências, aumentando exponencialmente a capacidade da Guarda de atuar na detecção de veículos envolvidos em irregularidades. Ao mesmo tempo, o sistema compartilhará as imagens captadas pela GCM com as polícias, para que a Civil faça a investigação, e a Militar atue preventivamente. Segundo Mágino Barbosa, o sistema Detecta também agregará as imagens das concessionárias das rodovias Raposo Tavares e Castelo Branco.

Para Pupin, o convênio trará ganhos para todas as partes envolvidas, uma vez que ampliará a capacidade da GCM, da PM e da Polícia Civil, de combater crimes na região. “É um ganho para todos, mas principalmente para a população, que contará com uma GCM ainda mais efetiva e informada, potencializando nossa atuação”, garante.

Mágino Barbosa ressaltou que o convênio é um grande ganho para a segurança pública de Sorocaba e região. “Esse convênio sinaliza uma parceria ainda maior entre a GCM e as Polícias, garantindo mais segurança para Sorocaba e seus moradores. Foi uma satisfação, logo no início da manhã, assinar esse convênio com nossa amiga, prefeita Jaqueline, o que será muito produtivo para essa gestão”, finaliza.

De acordo com o Boletim Estratégico da SSP, o sistema Detecta permitiu, entre 2014 e 2017, a prisão em flagrante de 5.634 pessoas, interceptação de 3.991 veículos, e apreensão de 351 armas de fogo. Esses números são do Estado de São Paulo. Só no interior, foram presas em flagrante 1.001 pessoas, interceptados 679 veículos, e apreendidas 58 armas de fogo.

Demandas

A prefeita aproveitou a reunião para apresentar outras demandas para a SSP. “Em nossa reunião, apresentamos também pleitos da Polícia Civil e da Polícia Militar atuante em nossa região. O secretário se mostrou muito receptivo e disse que analisará cada uma das solicitações que encaminhamos a ele”, afirma Jaqueline.

Na ocasião, Jaqueline entregou um ofício para o secretário solicitando a reforma e ampliação do Centro de Operações da Polícia Militar (COPOM Regional); aumento do número de escrivães, investigadores e delegados de Polícia para Sorocaba e região; e recursos materiais para a polícia civil (viaturas descaracterizadas para uso de Sorocaba e região).

Outra solicitação foi a liberação de recursos para implantação do estande de tiro de Itu, no valor de R$ 1,6 milhão. “Tal obra atenderá as necessidades de treinamento de todos os policiais em exercício nas unidades policiais vinculadas à Delegacia Seccional de Polícia de Sorocaba, e propiciará local adequado para a realização de cursos de formação e de especialização dos policiais civis”, descreve o ofício.