Thais Bilenky, FOLHAPRESS

O governador de São Paulo, Márcio França (PSB), anunciou nesta sexta-feira (25) que a Polícia Rodoviária passará imediatamente a multar os caminhões que interromperem o trânsito.

“Agora parece que se perdeu o controle. Nem os sindicatos têm controle de quem está parando o trânsito”, disse França, em vídeo publicado em redes sociais.

“Estou alertando os caminhoneiros que isso vai gerar consequência para o resto da vida deles. Porque caminhoneiro que é multado muitas vezes vai perder sua carteira e acaba perdendo depois a possibilidade de voltar ao seu trabalho”, disse.

O vídeo foi feito em resposta a questionamento da Folha de S.Paulo sobre por que França não havia se pronunciado sobre a greve, que chegou a seu quinto dia.

França afirmou que nenhuma via no estado de São Paulo foi totalmente interditada, o que “não será permitido de jeito nenhum”.

O governador disse que recebeu telefonema do presidente Michel Temer nesta sexta e reiterou a necessidade de baixar o preço do combustível.

“São Paulo foi a Brasília hoje, o o secretário da Fazenda esteve lá e colocou a possibilidade de reduzir parte do aumento do diesel no ICMS, mas isso não vai ser feito de maneira rápida e não é coreto que a população de São Paulo e do Brasil pague o preço de coisas que não são de sua competência”, declarou.

Ele chamou a greve de importante.

2 Comentários

  1. É mesmo Governador? E quem vai ocupar o cargo deles? O senhor? Oras, faça-me o favor…

  2. Não voto mais em nimguem vou anular meus votos cansei.O BRASIL NÃO É UM PAIS DEMOCRATICO É DITADURA DISFARÇADA.

Comments are closed.