Por Cida Muniz

A vereadora Iara Bernardi (PT) foi a primeira a ocupar a tribuna na sessão da Câmara desta terça-feira (7). Ela leu um documento onde falou sobre os 12 anos da Lei Maria da Penha comemorado hoje, mas mais da metade do tempo foi se posicionando a respeito do episódio que ocorreu na última quinta-feira (2) quando o Legislativo virou um barraco com a presença de Alexandre Frota.

Iara citou que está sendo agredida nas redes sociais, inclusive com montagens de cunho erótico e de sexo explícito envolvendo a sua imagem. Durante o longo discurso, Iara recebeu apoio de mulheres que estavam no plenário, como lideranças sindicais, entre eles o presidente do Sindicato dos Químicos de Sorocaba e Região, Carlos Alberto dos Santos; Sueli Camargo, presidente do Sindicato dos Frentistas de Sorocaba e Região; Milton Sanches, presidente do SindSaúde; a ex-vereadora Tânia Baccelli; e Emanuela Barros, presidente do Conselho Municipal de Defesa da Mulher.

O vereador Wanderley Diogo (PRP) afirmou que ficou indignado com as falas de Frota durante a sessão. “Aqui dentro tem que ter respeito, tem que analisar a pessoa antes de ocupar a tribuna, os vereadores Iara e França não mereciam isso”, concluiu.

Iara lembrou que dois seguranças acompanhavam Frota dentro do plenário e que isso é desnecessário dentro do Legislativo sorocabano. Outro a se solidarizar com Iara e a vereadora Fernanda Garcia foi o vereador Renan Santos. “Repelimos e repudiamos trazer o elemento (Alexandre Frota) para a Câmara. Renan lembrou que somente pessoas inscritas, conforme determinação da Mesa podem ocupar a tribuna.

Vale lembrar que o presidente da Câmara, Rodrigo Manga (DEM), solicitou autorização dos vereadores para Frota ocupar a tribuna, o que foi autorizado. Manga não participou da sessão da Câmara. Segundo a assessoria de imprensa, ela está tendo uma reunião com um deputado para discutir a sobre a Comissão Regional de Socorro à Saúde.

CONSELHO DA MULHER – A presidente do Conselho Municipal do Conselho da Mulher, a advogada Manuela Barros, ocupou a tribuna da Câmara para falar sobre os 12 anos da Lei Maria da Penha, mas antes também condenou Frota ter ocupado a tribuna da Câmara por ele se declaradamente sexista e machista.
Manuela afirmou que em um programa de rede nacional ele se declarou estuprador. A advogada até afirmou que ele diz ter sido uma brincadeira, mas que isso é uma apologia ao estupro, sendo esse considerado um crime hediondo.

Segue na íntegra a carta lida pela vereadora Iara Bernadi

ELEMENTOS PARA O DEBATE SOBRE A INAÇÃO DO PRESIDENTE DO LEGISLATIVO SOROCABANO

Hoje é um dia muito importante para o Brasil, em que se completam 12 anos da Lei Maria da Penha, promulgada em 7 de agosto de 2006. Acredito que não haveria data mais emblemática para eu fazer o pronunciamento que farei hoje.

Como pessoa pública que exerce mandato político, tenho e sempre tive uma exposição junto a grupos de apoio à defesa da mulher. Essa mesma exposição também sempre ocorreu junto a grupos intolerantes, que não suportam mulheres em cargos públicos, tomando decisões e influenciando a vida nacional!

Vamos falar hoje de intolerância, desrespeito, omissão!

No dia 25 de Fevereiro de 2015, um homem disse em rede nacional , para toda a audiência de uma das maiores emissoras de televisão do Brasil, que era um estuprador.

Blindado pela cultura patriarcal e machista do nosso país, absolutamente nada lhe aconteceu. Nenhuma sanção lhe foi imposta até os dias de hoje, muito embora se tratasse de um crime hediondo.

Pior do que isso, toda a plateia daquele programa aplaudiu e riu do crime perpetrado contra uma mãe de Santo e confessado em tom de piada. Embora pudesse ter sido vetada tal entrevista, já que era gravada, a emissora preferiu levá-la ao ar.

O estupro foi coroado com a aceitação da plateia e exposto em rede nacional, sob as bênçãos de editores da TV Bandeirantes e do apresentador do programa Agora é Tarde, Rafinha Bastos, que em outra ocasião disse que poderia [abre aspas] comer a cantora Wanessa Cargo e até seu bebê [fecha aspas].

Que nome devemos dar a isso?

Temos acompanhado homens perdendo altos postos em Hollywood, nos Estados Unidos, por serem denunciados por assédio sexual, por corajosas mulheres que romperam o ciclo do silêncio. Esses homens receberam sanções, e são investigados. Eles negam o que fizeram e do que são acusados.
A mãe de Santo anônima que citei acima, violentada em sua condição de mulher, nem de longe possui a fama das atrizes que denunciaram seus algozes nos Estados Unidos.

A diferença do nosso caso é que o acusado confessou na televisão seu crime. E o que aconteceu com ele?

Ele recebeu um convite, anos depois, para vir falar na Câmara Municipal de Sorocaba, convite esse que partiu do próprio Presidente do Legislativo, Rodrigo Maganhato, que não é um estreante nesta Casa, estando em seu segundo mandato.

Em 2016, o Brasil registrou em média 135 estupros por dia, segundo o Fórum Brasileiro de Segurança Pública . Foram quase 50 mil casos de estupro no ano.

A cultura do estupro coloca a mulher como um ser humano de segunda categoria dentro da sociedade. Dos quase 50 mil estupros praticados em 2016 , 89% foram contra mulheres, e 51% dessas mulheres eram negras!

A Anistia Internacional, assim como outras organizações globais, afirma que o governo brasileiro é incapaz de “respeitar, proteger e cumprir os direitos humanos de mulheres e crianças”, conforme consta no relatório “O Estado dos Direitos Humanos no Mundo em 2016-2017”.

Quando o Atlas da Violência de 2018 , produzido pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública indica que 50,9% dos casos de estupro em 2016 foram cometidos contra crianças, meninas e meninos menores de 13 anos de idade, é inconcebível que pessoas de bem dividam o mesmo espaço que uma pessoa que confessou ter estuprado.

Tenho lido em muitas redes sociais, pessoas dizendo que o ator convidado por vossa senhoria, Senhor Presidente, foi atacado primeiro, e por isso seria inocente!

Depois de tudo o que eu disse aqui, podemos realmente tirar a razão da Denise de Camargo, que protestou veementemente contra a fala do seu convidado?

Ela não protestou apenas contra o ator em questão, mas contra todo um sistema opressor que admite que um Presidente de Câmara Municipal, representante do POVO, dê a palavra a uma pessoa desse nível!

A fala de Denise foi a fala de mulheres que não abaixam a cabeça para o sistema machista que finge não ver, que banaliza e que, entre aspas, esquece, ações de assédio, que começam com piadinhas, avançam para o estupro, e terminam no feminicídio! O ano de 2017 terminou com 10,7 mil processos de feminicídio sem solução da Justiça. Uma tragédia silenciosa!

Eu ingressei no Plenário desta Casa para exigir do Presidente Manga que o ator que usava a palavra atacando Denise e partidos políticos, tivesse compostura! Em nenhum momento agi com desequilíbrio, mas sim com a mais profunda indignação!

Quando cobrei que Vossa Senhoria ordenasse que o ator parasse de atacar e ofender pessoas, o senhor me perguntou se eu queria [abre aspas] que o senhor mandasse prender a moça! [fecha aspas]. Isso foi brincadeira?

Eu exigi, como vereadora eleita pelo povo, que o ator que usava a palavra como franco atirador, respeitasse a Casa e as cidadãs e os cidadãos sorocabanos, não utilizando a Tribuna como palanque eleitoral para a sua pré-candidatura como radical postulante a uma vaga na Câmara Federal!
Não tardou para que ele mirasse seus canhões de ofensas contra mim, e me mandasse “calar a boca”.

Honrado e sob o manto da dignidade, o vereador Francisco França tomou a mesma postura e exigiu respeito. Mais: exigiu que o sujeito saísse deste recinto. O que recebemos em troca: ofensas, afrontas, e a SUA passividade e omissão, Senhor Presidente!

Errar em convidar o sujeito a discursar, com tantos profissionais realmente gabaritados para falar de drogas e adicção, já é terrível. Mas continuar errando, sendo omisso em seu dever como PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE SOROCABA, é imperdoável!

Seria muita inocência de nossa parte imaginar que ao convidar aquele ator, um encrenqueiro profissional, o senhor não soubesse que haveria um embate inevitável aqui! Era uma tragédia anunciada, e o senhor já tinha sido prevenido disso!

Nosso Regimento Interno determina que compete ao Presidente “interromper o orador que se desviar do assunto em discussão, que faltar ao decoro ou falar sobre o vencido, advertindo-o, chamando-o à ordem e retirando-lhe a palavra em caso de insistência”.
Senhor Presidente, podemos afirmar, por tudo o que presenciamos nesta Casa, que Vossa Senhoria agiu de forma negligente, sendo omisso no tocante à manutenção da ordem neste recinto.

O senhor errou desde o momento em que convidou o ator em questão a vir aqui, falar para a população de Sorocaba, sendo ele um sujeito com histórico terrivelmente indecoroso.

Não era aceitável deixá-lo continuar a usar a palavra, no momento em que ele começou a falar com base em sua plataforma política, criticando abertamente partidos políticos.

Fico em dúvida se isso não terá implicações legais a Vossa Senhoria, junto aos Tribunais que analisam a exorbitância do poder político no período pré-eleitoral.

Vamos lembrar que a TV Legislativa é pública, paga pelo povo, e foi usada com objetivos político-eleitorais por seu convidado, sob sua permissão e omissão. Qualquer cidadão pode fazer uma denúncia ao Ministério Público nesse sentido.

O senhor errou ao permitir que ele agisse contra o decoro, sendo a sua atribuição zelar para que isso não ocorresse. Como justificar não ter emitido em nenhum momento qualquer advertência contra a conduta do seu convidado, quando exigimos que ele parasse suas agressões contra uma cidadã de Sorocaba?

O senhor permaneceu omisso ao não exigir que o ator saísse do Plenário, quando começou a disparar impropérios contra o vereador França e contra mim!

Volto à pergunta do início da minha fala: que nome podemos dar a isso?

Não bastasse o papelão que as suas atitudes e omissões acarretaram, senhor presidente, o seu convidado continuou a agredir esta vereadora, o vereador França e políticos, políticas, cidadãos e cidadãs de nossa cidade, em suas redes sociais, nomeadamente o Twitter e o Facebook, publicando um vídeo que incita a violência contra todos nós!

Tenho recebido uma enxurrada de memes e comentários agressivos e de cunho machista, pornográfico e sexista, em defesa do ator citado e contra a minha dignidade. Isso vai para a sua conta moral, senhor presidente.

Por fim, estamos acionando a Polícia Civil e a Justiça contra as ameaças e atentados à honra e à dignidade humana que temos sofrido.
Espero, sinceramente, que Sorocaba jamais volte a presenciar uma cena como a que vimos. Os frutos danosos das suas ações e omissões, senhor presidente, ainda serão colhidos, para o mal do nosso povo.

Eu lamento por isso!

13 Comentários

  1. e aí Manga quando vai trazer Bolsonaro para falar na Câmara? Calar a boca dessa m..!

  2. Aos abatidos vergonhosamente no Brasil inteiro e surrado nas redes sociais, o direito a choradeira e espernear!

  3. GREVE DE CONDUTORES ( POR SR. FRANÇA FALSO )
    A grande verdade, é que o senhor Lula-PT, brincou de governar o Brasil durante oito longos anos de forma irresponsável, lançou o PAC sem lastros orçamentários, com centenas de obras inacabadas e “abriram aos olhos” dos pobres deste Brasil, vendendo a ilusão de que o PT havia reinventado a economia e os orçamentos públicos, culminando no que estamos vivenciando: A inflação nas ruas, nos bairros, nas feiras livres, nos postos de gasolina e nas contas de luz, água, esgoto, passagem de ônibus, que já passa de 10% ao mês. Sim, a economia popular dos assalariados até mil reais sofre um desgaste avassalador no que diz respeito às perdas no poder de compra, trazendo a luz, que a tal qualidade de vida que só existe nos discursos demagogos de políticos irresponsáveis da esquerda, geraram mais frustrações do que felicidade.

    O PT assumiu a economia brasileira do PSDB com equilíbrio das contas públicas, uma divida interna dentro do razoável, algo em torno de 150 bilhões de reais. Já com a mágica de super governo “competente do PT e do Senhor Lula”, o seu governo gerou uma bolha de felicidade, levando os brasileiros pobres, assalariados, servidores públicos a consumir, financiar casas, apartamentos, carros, motos, eletrodomésticos, pois a propaganda oficial da era Lula vendeu uma falsa idéia de que o Brasil foi descoberto e reinventado pela cúpula política da esquerda liderada pela senhora DILMA, a super ministra da Casa Civil, mãe do PAC e madrinha da super economia do consumo desenfreado. Agora, os números da economia brasileira provam que eles estavam errados, agiram com irresponsabilidade, geraram inflação e uma divida interna superior a 1 trilhão de reais, fazendo com que o banqueiros lucrem com a maior parte dos recursos destinados para investimentos, indo justamente para pagar a divida pública.

    A grande verdade é que criaram uma bolha econômica da felicidade, sem lastros para tanto endividamento dos trabalhadores assalariados em darem continuidade das suas obrigações em longo prazo, induzindo a massa brasileira a comprometerem mais de 70% dos seus orçamentos com prestações de produtos e serviços diversos.

    Ainda no governo do ex-presidente LULA-PT, sempre apoiado pela atual presidenta DILMA-PT, para vender facilidades sociais, maquiaram os indicadores sócio-econômicos e os índices sociais de educação, saneamento básico, habitação e infra-estruturas. Gastaram mais do que o governo podia arrecadar e, além disso, relançaram um novo PAC-II sem qualquer lastro de dinheiro em caixa para concluírem tais empreendimentos. O resultado prático no bolso do cidadão brasileiro seja classe média, classe remediada e até os tais emergentes pobres dos indicadores do PT, traduzem em perda no poder de compra direta e mais grave ainda, aparece nas pesquisas oficiais, como os novos endividados com comprometimento direto de seus salários, faltando grana viva para comer e manter serviços básicos de luz, água, condomínio, educação e saúde.

    A classe política formada pelos congressistas, esses grupos, fruto do voto em troca de emendas parlamentares, fingem que nada esta acontecendo, negligenciam as suas prerrogativas constitucionais de fiscalizar os gastos públicos, os sucessivos aumentos da gasolina, da energia elétrica, da passagem do ônibus e o próprio arroz com feijão de cada dia.

  4. Sabem o que é isso??? Falta do que fazer e incompetência legislativa para falar, discutir e RESOLVER problemas da cidade q está um caos. Tudo teatrinho partidário e de interesse. Temos q acabar com esses(as) verdadeiras tetas leiteiras de Sorocaba.

  5. Geração MIMIMI! O Alexandre Frota estava falando sobre seu Livro, quando uma cidadã de Sorocaba começou ofende-lo. É aquele velho ditado: QUEM FALA O QUE QUER OUVE O QUE NÃO QUER!
    Desnecessária a carta ao Manga, ele fez o que os vereadores iara e frança não fizeram, não respeitaram o convidado!
    Lembrou até do que o Rafinha Bastos fez/falou, mas que o chefe da facção fez com todos os brasileiros não! Roubou todos nós, enganou todos! #luladrão
    #BOLSONARO2018

    • Estou contigo. Falou tudo. Se bobear é uma petista mortadelamente remunerada para causar discórdia porque é só isso que eles fazem ultimamente porque a-c-a-b-o-u a ameaça da ditadura vermelha acabar com o pouco que deixaram do país.

  6. Sem duvidas, falha vergonhosa dos vereadores, em especial Iara e França. Deveriam pedir desculpas a Cidade !!!

  7. Bolsonaro propõe adotar ensino à distância para combater o marxismo
    ISSO É PENSAR NO FUTURO DO BRASIL SEM ESSA VERMELHA DOIS PESOS E DUAS MEDIDAS. E O SER PRESO EM CURITIBA? PREFIRO UM MILHÃO DE FROTAS A MEIO LULA O MAIOR LADRÃO DA HISTÓRIA !!!

  8. Essa senhora caga pela boca devia se envergonhar de tanto vitismo barato tupico de ptista corrupto que so quer manipular a verdade e posar de santos quando na verdade estes ptistas encergonham o país com o seu exército de corruptos.

  9. Dona Iara gostaria de saber qual a diferença do ator em discussão para o companheiro que está “guardado” em Curitiba? O instaurador do maior esquema de corrupção organizada desse país, que agrediu milhares de mulheres, crianças , idosos e outros, graças ao sucateamento do estado por roubos e desvios, pessoas padecendo nos hospitais, sem educação e segurança, é isso aí, a senhorita está corretíssima, já passou da hora de ser eleita “nunca mais”, o vitimismo e a “democracia unilateral” já são marcas registradas do seu partido e também dos simpatizantes dele. Ah, a diferença citada a cima é que o autor embora péssimo autor, tem mais dignidade que o guru trançado em Curitiba.

  10. Ai é que está. Era a primeira sessão após o recesso, e o convidado era apenas do presidente da Câmara, sem consultar os demais vereadores. Entretanto é claro q ele ja estando la, merecia respeito, porem como a casa é do povo, algumas mulheres que estavam la para protestar contra o audio machista de outro vereador tbm se manifestaram contra o convite a esse cidadão por varios motivos. O convidado não gostou da manifestação da cidadã e passou a ofende-la, o que tbm está errado, Já que esse tipo de atitude nem os próprios vereadores o fazem quando o mesmo acontece em relação a eles. Sabe-se que o vereador tem interesse político nesses convites pois criou uma instituição para recuperar dependente químicos e usa a Câmara e seus convidados ( outro dia foi o Rafael Ilha) para ganhar evidência em seus projetos e angariar votos futuros. No final das contas e independente de simpatia partidaria todos erraram. A começar do presidente da Câmara, passando pelo convidado, manifestante e até os vereadores. Todos brigando e querendo chamar atencao para seus proprios interesses e a população da cidade ( todos nos ) a ver navios e sendo espectadores desse circo. A população sorocabana não precisa disso. Precisamos de políticas públicas e ideias que contribuam para as melhorias e o desenvolvimento de nossa cidade. Paz e Luz!

  11. Lendo a referida carta da Vereadora lembrei-me do velho ditado : Papel aceita tudo. A depender se quem escreve, a verdade parece mentira e a mentira se torna verdade. Desculpe-Me. Mas não caio em jogo de palavras. O ator era convidado a obrigação de se bem comportar era dos vereadores. O vexame é do legislativo e expos nossa querida Sorocaba.

  12. Frota foi convidado?? os nobres vereadores sabiam da presença do mesmo?? No mínimo ele merecia respeito e não importa a condição dele e ele foi desrespeitado.
    Se houve falha foi de nossos Vereadores.

Comments are closed.