O Partido dos Trabalhadores (PT) lançou na noite desta sexta-feira (8) a pré-candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva à Presidência da República. O ato foi realizado em um hotel de Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte.

Durante o evento, a ex-presidente Dilma Rousseff leu uma carta escrita por Lula chamada de Manifesto ao Povo Brasileiro. Preso há dois meses, após condenação em segunda instância, Lula pode ser enquadrado na Lei da Ficha Limpa, o que inviabilizaria sua candidatura à presidência. Mesmo assim, ele aparece como o melhor posicionado nas pesquisas de intenção de voto.

“Assumo esta missão porque tenho uma grande responsabilidade com o Brasil e porque os brasileiros têm o direito de votar livremente num projeto de país mais solidário, mais justo e soberano, perseverando no projeto de integração latino-americana.”, afirmou na carta.

De acordo com a legenda, 2 mil pessoas participaram do evento, que teve as presenças da presidente do partido, senadora Gleisi Hoffmann, do ex-prefeito e coordenador do programa de governo, Fernando Haddad e governadores e parlamentares.

Prisão

Lula está preso na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba desde o dia 7 de abril, por determinação do juiz Sérgio Moro, que ordenou a execução provisória da pena de 12 anos e um mês de prisão pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, no caso do triplex em Guarujá (SP). Na ordem de prisão, o magistrado disse que o trâmite do processo na segunda instância já havia se encerrado.

4 Comentários

  1. Vamos comentar algo que não deveria nunca ser comentado.
    Brasil, único país do mundo a onde um condenado por 4 juízes é lançado candidato a presidência da República.
    É muita patifaria!

    • E o pior de tudo é saber que ele devera ganhar as eleições, mostrando o quanto nosso povo é ignorante e incapaz de fazer escolhas sensatas.

    • Assim como nossos políticos, nossas polícias e juízes também são corruptos tanto quanto ou mais, neste caso a condenação foi sem provas, assim como o impeachment de Dilma, enquanto isso os verdadeiros ladrões governam; ou saem candidatos mesmo sendo ladrões de merenda e de pedágio sem serem importunados pelo judiciário amigo parceiro de crimes.

    • Não há crime algum em lançar um condenado a presidência da Republica , note que a candidatura foi apenas lançada , até ser registrada temos um longo e impossível caminho .
      Tudo isso tem a finalidade de que o candidato não fique no esquecimento , no passado comeram da mesma ração , agora se dizem vitimas
      Alguém viu algum dos seus apoiadores la em Curitiba nos últimos dias ?

Comments are closed.