Cida Muniz

Mães de crianças com deficiência física e funcionários da empresa Home Care Sorocaba estiveram na Câmara de Sorocaba durante a sessão desta terça-feira (9) para denunciarem que o atendimento não está sendo feito conforme o contratado.

Juliana Aranha, mãe de uma criança de 8 anos com vários tipos de deficiência, afirma que seu filho precisa de inúmeros atendimentos em casa, como terapia ocupacional, fonoaudiólogo, além de outras terapias. Segundo Juliana, muitos profissionais continuam indo em sua casa pagando do próprio bolso o transporte.

Já a funcionário do Home Care Sorocaba Raquel Lathan, ocupou a tribuna para relatar que a empresa não fornece equipamento de segurança, como máscara e luvas. Segundo Raquel, a empresa manda reutilizar luvas descartáveis. Raquel afirmou que está sem receber há 90 dias. A Prefeitura, segundo Raquel, afirmou que não vai pagar a empresa enquanto ela não apresentar as notas de prestação de conta.

O vereador Helio Brasileiro (MDB), que é médico, destacou que isso é incabível, que os profissionais têm que utilizar as luvas, por exemplo, também para proteger o paciente. Brasileiro também destacou que muitas mães têm ordem judicial para seus filhos serem atendidos e é inadmissível que a decisão do Judiciário não estar sendo respeitada.

O presidente da Comissão de Saúde, vereador Renan Santos (PC do B), tomou conhecimento desse problema na segunda-feira e se solidarizou com as mães e também com os profissionais da empresa. Conforme o vereador, a Prefeitura está preparando um contrato emergencial.

O vereador Anselmo Neto (PSDB), que tem um filho autista, também faz parte da Comissão de Saúde e afirmou que esse problema tem que ser atendido rapidamente e não deixar para outro dia. Renan e Anselmo entraram em contato com o secretário Flávio Chaves e foram junto com uma comissão de mães e funcionárias tentar resolver a questão.

RESPOSTA DA PREFEITURA

A Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria de Saúde (SES), informa que efetuou todos os pagamentos em dia à empresa. O Poder Executivo está ciente da situação e as medidas necessárias para o cumprimento do contrato estão sendo providenciadas.

 

1 Comentário

  1. A funcionária Raquel disse que esta sem receber a 90 dias , a Secretaria de Saúde disse que efetuou todos os pagamentos a empresa , pergunto onde esta o dinheiro e quem esta economizando com a verdade ?

Deixe um Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.