Foto: Divulgação Câmara

O presidente da Câmara Municipal de Sorocaba, vereador Rodrigo Manga (DEM), está mobilizando os demais parlamentares da Casa contra a possibilidade de fechamento, por parte da Prefeitura, das unidades de saúde do Parque das Laranjeiras, Brigadeiro Tobias e São Guilherme, como Pronto-Atendimentos (PAs).

A medida da administração municipal foi noticiada pela imprensa e pegou de surpresa, inclusive, os vereadores. “É inadmissível que essas unidades deixem de operar como PAs. Não importa a alegação, seja por economia ou qualquer outro motivo, pois se isso ocorrer será um desserviço à população, que já sofre muito com a problemas de precariedade de atendimento médico”, alega Manga.

Manga contatou os vereadores para discutir o assunto e adianta que já tem o equivalente a dois terços dos parlamentares favoráveis à manutenção desses três PAs funcionando das 19h às 7h, em esquema de plantões médicos e, juntos, irão às 17h desta segunda-feira (12) ao Paço entregar um ofício do Legislativo ao secretário municipal da Saúde, Ademir Watanabe, e em seguida ao prefeito José Crespo (DEM).

“A Prefeitura fala em estudo e ainda não teria decidido sobre essa redução no atendimento, mas vamos nos antecipar e, caso essa determinação vingue, pediremos a revogação da mesma, do contrário, a Câmara vai requerer a exoneração do secretário municipal da Saúde”, finaliza o presidente do Legislativo.

Em nota oficial, a Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria de Saúde (SES), informa que esse tema ainda é um estudo. O foco atual desta gestão é fortalecer a Rede de Atenção Básica de Saúde. A Secretaria de Saúde continua sob o comando do dr. Ademir Watanabe.