Um áudio do vereador Hudson Pessini (MDB), que circula nos grupos de WhatsApp, virou caso de interpelação judicial na Vara do Juizado Especial Criminal e Violência Doméstica, a pedido do advogado da ex-assessora do prefeito José Crespo, Tatiane Polis.

De acordo com a petição do advogado Márcio Leme, Tatiane pede à Justiça que Pessini apresente explicações, sob pena de crime de injúria, a respeito de afirmações sobre ela.

No áudio, segundo a defesa da ex-assessora, “o réu, no dia 5 de junho, em reunião com assessores e populares, fez menção jocosa e passou a denegrir a imagem e a honra da autora, com afirmações machistas e de cunho sexual, com objetivo de subjugar a sua figura feminina”. Também no áudio, Pessini, da mesma forma “jocosa e de cunho sexual”, cita o colega de partido, Fernando Dini.

A assessoria de imprensa de Pessini disse que o caso se trata “de mais uma conversa entre amigos” e que vê a situação “como uma forma de tentar causar desgaste”, reiterando que “quando o vereador fala publicamente, ele se manifesta; quando ele fala entre amigos, não cabe manifestação”.

A assessoria do vereador Dini (MDB) informou que ele não iria se manifestar sobre o assunto.

1 Comentário

  1. Assessoria de imprensa dos vereadores .e não dizem nada , ai meu dinheiro indo pelo ralo …….
    Uma bazofia essa Câmara dos vereadores ..muito ruim

Deixe um Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.