Seis são presos por explosão a caixa eletrônicos e ataque a carro-forte

Foto: Polícia Civil

Em ação simultânea, a Polícia Civil de São Paulo e de Minas Gerais detiveram seis pessoas envolvidas em explosões de caixas eletrônicos e ataques a carros-fortes. As prisões ocorreram na noite de sábado (14), em Sumaré, região de Campinas.

Da parte paulista, as investigações foram coordenadas por policiais civis da 1ª Delegacia de Investigações sobre Roubo e Latrocínio (1ª Patrimônio), do Departamento Estadual de investigações Criminais (DEIC).

Foto: Polícia Civil

As equipes conseguiram identificar os criminosos que participaram do roubo a um carro-forte na região de Mogi das Cruzes, em outubro do ano passado. Na última quarta-feira (11), o mesmo grupo teria explodido caixas eletrônicos na cidade mineira de Passos.

Em Sumaré, os agentes encontraram quatro fuzis – sendo um deles de calibre .50 -, cerca de 300 quilos de bisnagas de emulsão explosiva, três pistolas e R$ 170 mil, além de outros materiais usados nos crimes, como capacetes, coletes balísticos, máscaras, etc.

Na cidade mineira de Conceição de Aparecida, os investigadores apreenderam dezenas de celulares do mesmo grupo.

Os presos foram indiciados por organização criminosa, posse de arma de fogo de uso restrito e posse de explosivos. As polícias civis de São Paulo e Minas Gerais prosseguem as investigações para deter outros possíveis envolvidos.

Foto: Polícia Civil