FOLHAPRESS

Uma funcionária terceirizada do Ministério dos Direitos Humanos, Janaína Romão Lúcio, 30, foi assassinada a facadas no início da noite deste sábado (14) em Santa Maria, cidade satélite localizada a cerca de 26 km do centro de Brasília.

Em nota, a Polícia Civil do Distrito Federal informou que Janaína já havia registrado duas ocorrências de violência doméstica contra o ex-marido, identificado apenas pelas iniciais S.J.S.A., 21.

Janaína estava separada de S. e, por volta das 18h do sábado, foi buscar as duas filhas do casal, com menos de cinco anos de idade, “que estavam passando o final de semana com o pai”, segundo a polícia.

Uma testemunha disse aos investigadores ter presenciado o momento em que o homem discutiu com a ex-mulher por ciúmes.

O homem deu cinco facadas em Janaína, nas costas e no peito, e, após o crime, saiu correndo na rua.