Marco Aurélio Lima Lopes, de 27 anos, morto na madrugada desta sexta-feira (13)

O estudante de 21 anos, que, embriagado, causou a morte do professor de educação física, Marco Aurélio Lima Lopes, de 27 anos, pagou fiança de dez salários mínimos e vai responder em liberdade.

O condutor foi liberado após passar por audiência de custódia. O crime ocorreu na madrugada desta sexta-feira (13), na rodovia Antônio Romano Schincariol (SP-127), em Cerquilho.

Após cometer o crime, o suspeito fugiu e abandonou o veículo, na avenida Francisco Gaioto. O carro foi apreendido e, por verificação do emplacamento, os policiais chegaram até o suspeito, na casa onde mora, no bairro Vale do Sol.

O rapaz foi autuado por omissão de socorros e homicídio culposo (quando não há intenção de matar). Ele fez o teste de bafômetro e foi constatado sinais de embriaguez.

O corpo do professor foi recolhido pelo IML e vai ser sepultado neste sábado (14), às 9h, no Cemitério Parque Municipal de Cerquilho.