O corpo da jovem Daniele Cândido, de apenas 21 anos, foi enterrado, na manhã desta quinta-feira (12), em Votorantim. O sepultamento ocorreu por volta das 9 horas no cemitério municipal.

Daniele foi encontrada morta pelo seu irmão, na última terça-feira (10), após o mesmo ir procurá-la na casa onde ela morava, na Comunidade do Palmeirinha, no bairro Itapeva. Seu corpo estava coberto por um lençol e debaixo do sofá de um dos quartos da residência.

Daniele e seu companheiro, Wagner Souza, de 25 anos, preso como sendo o autor do homicídio / Foto: reprodução/Facebook

O companheiro da jovem, chamado Wagner José de Souza, de 25 anos, foi preso como sendo o autor do homicídio. Segundo a polícia, ele estava escondido na casa de um amigo na cidade onde mora, em Porto Feliz. A prisão foi pela Guarda Civil Municipal após denúncia anônima.

Wagner disse ter usado um martelo para agredir a companheira e que, no momento do crime, estava sob efeito de drogas

Durante depoimento, Souza disse que no momento do crime estava sob efeito de drogas. Em sua defesa, ele alegou que a esposa era muito ciumenta. Ele afirmou ainda ter utilizado um martelo para matá-la. À GCM, o criminoso informou estar no relacionamento há 10 anos. Eles não tinham filhos, mas as brigas eram constantes. A discussão aconteceu depois que ele contou para a esposa que iria trabalhar em Porto Feliz, e ela não aceitar.