Um homem de 38 anos de idade foi preso em flagrante, neste domingo (26), em Porto Feliz, suspeito de estuprar uma menina de 3 anos. O caso teria acontecido no sábado. A identidade dele não foi divulgada pela polícia.

O suspeito de cometer o estupro é avô “de consideração” da vítima, já que ele é companheiro da avó da menina. A criança costuma passar os dias na casa dos avós, enquanto a mãe trabalha. Após cometer o abuso, ele fugiu com medo de reação de populares que o procuraram após o caso vir à tona. Ainda afirmou que estava embriagado no momento do ocorrido.

A Guarda Civil Municipal atendeu a ocorrência. De acordo com ela, a GCM foi acionada pelos familiares da vítima e informados que o detido havia introduzido o dedo no órgão genital da criança. A mãe da menina desconfiou que ela teria sido abusada sexualmente na noite de sábado (25), ao dar banho na garota, que reclamou sentir forte ardência na parte íntima. Questionada, a vítima disse que o seu avô “passou o dedo” em sua vagina.

Foi constatada na região pélvica da menina um arranhão e marca de vermelhidão. A garota foi encaminhada à Santa Casa e o médico de plantão informou não ter constatado vestígios de sangue, porém não descartou a hipótese de abuso sexual.

Acionada, a GCM iniciou patrulhamento para encontrar o suspeito pelo estupro e o encontrou na manhã de domingo, em frente a um bar. Aos guardas ele disse ter passado a noite escondido em um matagal. Ele foi encaminhado à delegacia e teve prisão decretada por estupro. Em depoimento, disse à polícia que não cometeu abuso contra outras pessoas.

A criança deve ser encaminhada ao IML (Instituto Médico Legal) para realizar exame de corpo de delito.