Ex-advogado da Santa Casa depõe à polícia e nega que esteja envolvido em crimes

Foto: Julio Salvo

O advogado que administrou a Santa Casa de Sorocaba, José Domingos Rabello, negou todas as acusações que foram feitas contra ele durante oitiva na manhã desta quarta-feira (13), na Delegacia Seccional de Sorocaba. Rabello compareceu à delegacia acompanhado de seu advogado, Mário Del Cistia. “Estão brincando com pessoa séria e honesta”, disse à imprensa.

Nesse oitavo inquérito policial, Rabello e o ex-provedor da instituição de saúde, José Antonio Fasiaben, estão sendo indiciados, por suspeita de desvio de verbas parlamentares, para a aquisição de equipamentos hospitalares.

Os crimes que investigados são: corrupção ativa, corrupção passiva, organização criminosa e fraude a licitações. Rabello também alegou nunca ter sido “mão direita” de Fasiaben e defendeu-se dizendo nunca ter participado de nenhum crime que envolva a irmandade.