Aproveitando que o Carnaval está aí, batendo às nossas portas, vamos falar de um tema que para muitos ainda é tabu: fantasias – as sexuais. Afinal, por que não tratar delas?

Em nosso dia-a-dia, escuto muitas mulheres, principalmente as casadas, que deixaram de sonhar, de fantasiar. Pensam e tomam como verdade que, por estarem casadas, que não podem mais inovar entre quatro paredes. Reclamam que o marido não toma a iniciativa e as coisas ficam assim então, mornas.

Minha dica: pare de reclamar, se sua vontade é inovar, faça algo, compre uma lingerie nova, proponha um lugar diferente ou até mesmo uma nova forma de sedução. Aposto que ele vai adorar e essa apimentada na relação só vai fazer bem para vocês como um casal. Ficarão fortalecidos. E digo mais: essa é uma questão realmente fundamental, até para que o casamento ou o namoro não caia naquela famosa rotina que já falamos neste artigo aqui (link do artigo separados pelo casamento).

Já as solteiras… Ah, as solteiras… Bom, pela experiência que me é relatada, elas estão inovando e liberando todas as suas fantasias. E até mesmo seus fetiches. E por que essa diferença entre casadas e solteiras? Na opinião das Divs, acreditamos que, pelas solteiras não terem vínculo afetivo mais forte com ninguém, não tem medo de demonstrar o que querem e por isso é muito mais fácil de soltar as emoções e liberar suas fantasias.

Em breve pesquisa com algumas mulheres, listei aqui suas principais fantasias, sem entrar em muitos detalhes de cada uma (homens, fiquem atentos!):

– Dominar

– Ser dominada

– Professor/Aluna

– Sexo com Desconhecido

– Ménage com outra mulher

– Ménage com dois homens

– Voyeurismo

– Uso da força (não força bruta, mais o estilo um tapinha não dói)

– Exibicionismo

– Strip-Tease

E aí, tem alguma fantasia que não foi listada aqui? Conta pra gente!

E não esqueça, neste carnaval e sempre, libere suas fantasias… Mas com muita responsabilidade… Camisinha é item fundamental!

Até semana que vem!

Grande beijo,

DIVS