Por Celso ‘Marvadão’ Ribeiro

Sabe aquele cachorro de olhar pidão, de nome Spike, que ficava nos ombros de um homem no trânsito de Sorocaba?

Ele foi tirado das ruas e do dono pela Patrulha Ambiental da Guarda Civil Municipal, sob alegação de maus-tratos, e rapidamente entregue para outra pessoa.

O que você acha do ocorrido? Polêmico, né?

Será que alguém perguntou ao cachorro se ele de fato queria ser afastado do dono? Este teria direito adquirido sobre o animal? Que ligação afetiva havia entre eles? Um dos dois ou ambos estão sofrendo com a separação?

Cães adotados por moradores de rua, pedintes e mendigos normalmente são mais bem tratados que eles próprios. E se tornam fiéis amigos, mesmo que nas condições precárias de vida que levam. Avançam em quem se aproxima, são protetores daqueles que, bem ou mal, os adotaram.

Já existem os Direitos dos Animais. A OAB de Sorocaba conta até com a Comissão de Proteção Animal. Será que foi ouvida?

O Spike poderia ser adotado pela própria Guarda Municipal como “mascote” do canil que está sendo criado?

Usar cães como auxiliares no policiamento e até o seu faro para descobrir drogas não seria uma forma de expor os animais ao perigo? Calma, é só uma pergunta retórica.

O cachorro domesticado é um lobo que foi ficando burguês.

Será que o cãozinho de pelos bem cuidados, perfumado, que adora colo e vive empetecado com coisas de gente é bem cuidado e feliz? Ser assim mais um membro da família, tratado como pessoa, não seria uma violência dissimulada?

Eu sei. O convívio com os bichos de estimação nos torna mais humanos…

Mas tenho que perguntar: a felicidade animal não estaria no respeito à sua natureza, ao seu instinto, à sua liberdade vital de vira-lata nas cidades ou solto na cadeia alimentar da natureza?

Diga aí, leitor!?

15 Comentários

  1. Na escala de valores humanitários quem o poder público deveria socorrer primeiro ,um cachorro ou um ser humano ,drogado mas que precisa atendimento especializado em saúde ?

  2. To abismada com esse texto!!!! Pergunte ao cachorro se ele queria ficar nas costas do seu dono torrando no sol, e essa posição em que ele ficava, não duvido nada que foi ensinado a base de muita porrada!!!
    Várias pessoas testemunharam o rapaz agredindo o cãozinho! E agora que um milagre aconteceu e ele terá um lar e será amado, você escreve esse lixo?

  3. PARABÉNS AOS GUARDAS MUNICIPAIS PELA INICIATIVA.
    VIDA LONGA AO SPIKE. O CARA SÓ EXPLORAVA O CÃOZINHO, A NOITE DEIXAVA ELE AMARRADO COM UMA CORDA DE 50CM ENQUANTO SE DROGAVA. ENTÃO CONCORDO COM O ATO DOS GCMs, COMO BEM DISSE OS DEMAIS, ELE SÓ EXPLORAVA O CÃOZINHO, E ESTE EM SUA MAIS BELA INOCÊNCIA SEMPRE O SEGUIA, AGORA ELE CONHECERÁ UMA VIDA NOVA, BEM DIFERENTE DE AVENIDAS MOVIMENTADAS E BARULHENTAS, ASFALTO QUENTE E TERÁ AMOR DE VERDADE, NÃO ALGUÉM QUE O USA E DEPOIS O DISPENSA.

  4. O Sr. sabe as condições da maioria dos animais de rua? Quanto descaso , sofrimento existe com os animais abandonados na nossa cidade, porque os tutores se cansaram, porque eles não são mais filhotes, porque estão velhos, porque estão doentes, porque eu não tive a consciência de castrar e agora tenho os indesejáveis filhotes, porque vou mudar , porque vou ter um filho….Sobra sempre para os mesmos , o descaso provocado por pessoas que pensam como o senhor. A gente não para , não descansa, enquanto os algozes dormem tranquilos. Os cachorros são fiéis, os gatos são fiéis, a espécie humana não. O cachorro era chutado, espancado, quando o dono iria comprar as biritas dele no Walmart, mas esperava seu dono(fidelidade canina). Mas quando ele queria ganhar dinheiro para sustentar seu vício , aí o cão servia. Nenhum policial tira a tutela doe um animal , se não visualizam maus tratos. Por favor, por respeito aos protetores não escreva mais artigos como esse!

  5. Fato dele chutar o animal, forçar a coluna do animal, puxar o coitado pelas patas e uma ótima demonstração de afeto. Deixar o animal atravessar avenidas movimentada sozinho enquanto ele gruta no seu momento de surto causado pelas drogas. Realmente acredito que um esteja sentindo a falta do outro. Cão principalmente de queimar suas almofadinhas devido ao asfalto fervendo enquanto um drogado usa o animal para sustentar seus vícios.
    Realmente vida nas ruas e melhor, cadeia alimentar, terra sem limite de muros ou grades. Onde o único limite da total felicidade pode ser: envenenamento, espancamento, uma doença crônica sem cuidados veterinários, ou uma simples surdez ou perda da visão que pode levar a uma morte sem sofrimento causada por um atropelamento.
    Sem comentários para quem escreveu.

    • Perfeito 👏🏻👏🏻👏🏻, disse tudo, parabéns a guarda e a todos os envolvidos nesse resgate ❤️❤️

      • você leu e entendeu o que ele escreveu? ele está condenando o fato do animal ter sido resgatado

  6. Alguém algum dias atrás perguntou ao cão se ele queria estar em sol escaldante, se equilibrando em pequena área, desconforme com sua anatomia fisica? Algum dia, antes vc se preocupou em fazer esta pergunta? Algum dia antes vc se preocupou em perguntar ao cão, se ele não preferia estar dormindo, qd era obrigado a ganhar dinheiro q ele jamais usará, visto q sua subsistência e saúde eram todas doadas? Vc perguntou para ele, pq qd esteve com doença do carrapato precisou ser resgatado deste mesmo tutor para tratamento, pq o mesmo nada fez?

  7. Ali no semáforo ,parecia um relação bonita entre o dono e o animal, porém esse mesmo dono depois que conseguia um dinheiro,batia no cachorro isso visualizado por várias pessoas.Então parabéns a GCMS ,que assim que recebeu a denuncia de maus tratos ao animal ( cachorro) ,resgatou e deu uma moradia e uma vida decente á ele.

  8. para o antigo dono era o companheiro do dia a dia, para a pessoa que recebeu o cão sera um troféu um certificado de bom samaritano dos animais!

    • E para o pobrezinho do animal, uma vida livre de chutes, socos, falta de comida, daqui para frente, uma vida cheia de amor e cuidado ❤️.
      Falei porque já presenciei ele maltratando o animal 😡.

  9. Várias pessoas viram e inclusive filmarem este Sr. batendo no cachorro. A GCM está com toda razão de levar o pobre animal para um lugar melhor.

  10. Não via nada de demais do cão morar na rua com seu dono. Mesmo porque pareciam ter uma boa relação de companheirismo.

    • Puxa vida o cão era espancado, chutado por esse sr. que o utilizava para sustentar o seu vício

Deixe um Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here