Foto: Reprodução Facebook

Estávamos as Divs conversando esses dias em como temos maneiras distintas de lidar com os relacionamentos e tudo o que envolve esse tema. A conclusão que chegamos é que, apesar de termos histórias de vida bem parecidas, que aliam o sofrimento inicial à superação e à volta por cima do momento atual, a bem da verdade é que cada uma de nós tem uma maneira bem peculiar e as vezes até engraçada de conviver com as peripécias do dia-a-dia junto ao sexo oposto.

Saca só:

#Divs 1 – A teimosa bipolar

Gente, não confie nesta mulher. Quando o assunto é relacionamento e sexo oposto, ela muda de opinião igual troca de roupa. Talvez seja o ascendente em gêmeos, talvez seja a falta de atratividade dos homens com os quais ela já saiu até hoje, o fato é: ontem ele era o amor da vida dela, hoje ela não pode ver ele na frente. Mas amanhã, tudo pode mudar. Ou seja, bipolar de tudo. Bem simples assim, tomem cuidado, fica o alerta. Porém, saiba que sair com essa Divs é garantia de diversão e boas risadas.

#Divs 2 – A misteriosa peculiar

Ela é tão misteriosa, mas tão misteriosa, que tem mistérios que nem ela desvenda… Rsrs… Esses dias mesmo, disse que estava cansada de sair, vida de balada, que queria sossegar e namorar. Aí, recebeu um convite fofo, para ir ao cinema e jantar fora. O que vocês acham que ela fez? Aceitou, claro! Não, saiu correndo! Literalmente, falou que não poderia, porque tinha que treinar! Ah vá! Disse que não tem mais certeza que é isso que quer. Vai entender não? Deve ser porque é pisciana com ascendente em sagitário. Mas saiba que sair com essa Divs é garantia de uma boa companhia e ótimas conversas ao pé do ouvido.

#Divs 3 – Aí tô apaixonada

Ela é o carinho em forma de pessoa… Basta você falar umas palavras doces ao pé do seu ouvido, propor algo mais romântico. Pronto. Ela já está apaixonada por você. A típica canceriana! Mas cuidado, porque ela é igual a um vidro: se cair, ela se quebra, porém se pisar, ela corta! Fica a dica! Ao sair com essa Divs tenha a certeza que você será muito bem tratado e que receberá todo o carinho do mundo… Se assim merecer!

Enfim, esse foi um auto-retrato de nós mesmas. Uma maneira engraçada e leve que encontramos de falarmos sobre nós mesmas e como lidamos com esses pseudo-relacionamentos peculiares que vem nos rondando atualmente. Quem sabe quando as coisas mudarem, nossas formas de lidar também mudem. Ou não.

Grande beijo.

Até a próxima semana,

DIVS

1 Comentário

  1. Bipolaridade feminina não muda jamais, independentemente do signo. Apenas existem períodos de calmaria. Rs.

Comments are closed.