Funcionária do gabinete de vereador recebe buquê de flores com ameaça de morte

Nem mesmo uma foto do buquê foi feita. A que está publicada nesta postagem é meramente ilustrativa.

O DEDA QUESTÃO

Uma funcionária do gabinete do vereador Hudson Pessini (MDB) recebeu na manhã de quinta-feira (10), de um mensageiro que esteve pessoalmente na Câmara de Sorocaba, um buquê de flores com uma mensagem de ameaça: “Guarde essas flores. Você vai usá-las. O seu dia está chegando”.

Não se sabe ainda se o recado era para o vereador ou pessoal à funcionária do gabinete uma vez que o mensageiro perguntou pelo nome dela.

Seja como for, a indignação tomou conta dos vereadores diante do fato de todo o sistema de segurança da sede do Poder Legislativo sorocabano estar desativado. Desde que venceu o contrato com a empresa que fazia a vigilância (contrato assinado na legislatura do ex-vereador Cláudio do Sorocaba 1) ele não voltou a ser renovado de modo que ficou impossível de saber que carro, qual placa e que tipo de pessoa fez a entrega das flores.

O caso está sendo apurado uma vez que a funcionária, abalada, foi embora levando as flores. Nem mesmo uma foto do buquê foi feita. A que está publicada nesta postagem é meramente ilustrativa.

CPI da Saúde

As flores não impediram que o vereador Pessini, após críticas ao comportamento da secretária da saúde nas redes sociais, pediu a instalação de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para investigar a CIES Global, que instalou tendas para atender a área de saúde, no estacionamento da UBS (Unidade Básica de Saúde) do Jardim São Guilherme. Agora terá que colher as sete assinaturas para a instalação da CPI desse convênio.