17/07/2017 11h45 - Atualizado em 17/07/2017 11h45 | Ipanema Online

Assessora tem a casa furtada no mesmo dia de depoimento na CPI



A casa onde mora a assessora do prefeito José Crespo (DEM), Tatiane Polis, foi furtada na última sexta-feira (14), mesmo dia em que ela prestou depoimento na CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito), para investigar suposta prevaricação (crime contra a administração pública) cometida pelo democrata.

A pedido do Portal Jornal Ipanema, Tatiane encaminhou, por um aplicativo de troca de mensagens, uma cópia do boletim de ocorrência.

De acordo com o documento, registrado na manhã de sábado (15), ao chegar em casa, no bairro Piazza di Roma, durante a noite de sexta, Tatiane constatou que o portão e a porta da sala se encontravam abertos. Foram levados da residência, de acordo com o BO, uma televisão da marca Samsung de 40 polegadas, uma televisão da marca Philips de 32 polegadas, um notebook, um vídeo-game Playstation, jóias diversas, um perfume e um relógio de pulso feminino.

O registro da ocorrência foi feito no Plantão Policial da Zona Norte. 

À equipe de redação do portal também foi enviado um vídeo registrado por uma câmera de segurança instalada em frente a residência, que flagra a movimentação dos suspeitos. Na filmagem, eles aparecem abrindo o portão do imóvel. Em outra cena, um dos jovens segura um pé de cabra na mão.

O vídeo seria encaminhado ainda nesta segunda-feira à Polícia Civil.

Assista: 


CPI DA PREVARICAÇÃO

Tatiane depôs por cerca de três horas na CPI que investiga se Crespo investigou ou não a denúncia de ela ter apresentado diploma falso de ensino fundamental para exercer seu cargo na prefeitura. Taty Polis trabalha como assessora direta no sexto andar do Palácio dos Tropeiros, local em que também fica o gabinete do prefeito, e recebe salário de R$ 9.196, de acordo com o Portal da Transparência.