20/04/2017 16h31 - Atualizado em 20/04/2017 16h13 | Ipanema Online

Policial suspeito de matar homem em ponto de ônibus é indiciado



A Polícia Civil indiciou - por homicídio qualificado - o policial que matou Ednaldo de Oliveira Marques, de 35 anos, em um ponto de ônibus, no final de janeiro deste ano, em Mairinque. De acordo com a delegada responsável pelo caso, Fernanda Ueda, a qualificação se dá por motivo torpe, ou seja, por "moralmente reprovável" e porque o policial "teria usado recurso que impossibilitou defesa da vítima".

A reconstituição do crime foi feita na semana passada. O crime aconteceu em 29 de janeiro. Na ocasião, o suspeito contou que passava pelo local quando viu Ednaldo assaltando pessoas no ponto; ao ser abordado ele teria reagido. Quando a polícia chegou ao local do crime havia uma arma nas mãos do suspeito.

Durante as investigações, a polícia descobriu com ajuda de testemunhas que Ednaldo, na verdade, fora executado. A versão do assalto contada pelo policial, segundo o inquérito policial, nunca existiu. A delegada Ueda não entrou em detalhes, mas informou que a motivação era "passional".

O suspeito prestou depoimento na tarde de quarta-feira (19) e foi encaminhado ao Presídio Militar "Romão Gomes", na capital. Ainda segundo a delegada, nesses casos a pena pode variar de 12 a 30 anos. Em no máximo dez dias o inquérito será encerrado e o caso será encaminhado à Justiça.