07/01/2017 09h17 - Atualizado em 07/01/2017 09h17 | Ipanema Online

Governo Crespo começa com anúncio de “dívidas herdadas”



Gustavo Ferrari

Representantes do governo do prefeito José Crespo (DEM) informaram, na tarde de quinta-feira (5), durante coletiva de imprensa, que o novo governo herdou a Prefeitura de Sorocaba com quase R$ 30 milhões de pagamentos em atraso, de dívidas com fornecedores diversos, referentes ao mês de novembro, que deveriam ter sido pagas em dezembro e não foram.Segundo Crespo, medidas de austeridade deveriam ser tomadas na sexta-feira (6), por meio de diversos decretos.

“Na frente de todos”

Procurado pela reportagem, o ex-prefeito Antonio Carlos Pannunzio (PSDB), segundo sua filha, a jornalista Fernanda Pannunzio, preferiu não se manifestar, ressaltando que "tudo o que ele tinha para dizer a Crespo disse na frente de todos", durante a solenidade de transmissão do cargo, na Câmara Municipal de Sorocaba, no domingo (1). No discurso, Pannunzio disse “ter orgulho de chegar ao fim do que chamou de ‘governo mais investigado da história administrativa de Sorocaba’, com “reconhecimento de probidade administrativa um superávit de R$ 55 milhões”.

Balela

Segundo o secretário de Gabinete Central, Hudson Moreno Zuliani, o superavit anunciado pelo ex-prefeito Antonio Carlos Pannunzio, de R$ 55 milhões "não existe". "Recebemos a Prefeitura com R$ 64.202.677,46 em caixa, mas desse valor R$ 53.459.750,68 são recursos vinculados, ou seja, destinados a pagar empenhos feitos. Com toda a dívida, usamos os R$ 10.742.926,78 que sobram do valor total para pagar as férias dos professores e a dívida da empresa Mopp Multiserviços",empresa terceirizada de limpeza.  ressaltou o secretário da Fazenda, Fábio Martins.

“Omissões e inconsistências”

Zuliani disse ter identificado, ainda, uma série de “omissões e inconsistências” no relatório de transição apresentado pela equipe de Pannunzio.  "Revelou-se a falta de planejamento e o desleixo com a gestão pública, o que explicam em grande parte esse déficit". Crespo enfatizou que somente na sexta-feira, durante a coletiva que fará, para anunciar as medidas de austeridade, é que comentará a situação financeira da Prefeitura de Sorocaba.

Superávit

Durante discurso, no Plenário da Câmara Municipal, durante a transmissão do cargo, Pannunzio elogiou a postura de sua própria equipe, afirmando ter deixado um superávit de R$ 55 milhões, inclusive mencionando as devoluções financeiras, fruto dos duodécimos repassados “rigorosamente” pela Prefeitura, que foram “de fundamental importância” para o fechamento das contas, “em todos os anos da nossa administração”.

Resultados

Segundo enfatizou Pannunzio na ocasião, com relação ao município, “o superávit orçamentário é de aproximadamente R$ 190 milhões; com relação à Prefeitura, o superávit orçamentário é de aproximadamente R$ 140 milhões. Note que esse resultado traduz a diferença entre as receitas, da lei orçamentária anual, e as despesas, a serem efetivadas pelos órgãos que compõem a administração municipal. Isso não é dinheiro em caixa, mas apenas uma ideia de como conseguimos levar a administração adiante. O resultado financeiro demonstra que fecharemos com um superávit de aproximadamente R$ 55 milhões”.