15/05/2017 18h19 - Atualizado em 15/05/2017 18h31 | Ipanema Online

Pais protestam para impedir transferência dos filhos do Matheus Maylasky




Um grupo de pais e estudantes realizou um protesto para manter os filhos no atual prédio da Escola Municipal Matheus Maylasky, na tarde desta segunda-feira (15), em Sorocaba. O ato, ocorreu, em frente a unidade de ensino, próximo ao viaduto Jânio Quadros, região central da cidade. 

Ao todo cerca de 50 pessoas participaram da manifestação, com faixas e cartazes os manifestantes gritavam palavras de ordem “salvem o Maylask”. Os pais fizeram um abaixo-assinado, para que os alunos permaneçam na escola. 

Retorno Prefeitura

Em nota a assessoria de imprensa da Prefeitura informou que “O prédio em que está instalada a EM Matheus Maylasky pertence a uma instituição privada. Cedido em comodato à municipalidade até 2026, o imóvel teve a sua concessão transferida na gestão municipal anterior para o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia, que assumiu o compromisso de oferecer à população uma série de cursos técnicos, de graduação e pós-graduação lato sensu e stricto sensu. Portanto, existem estudos para a transferência da escola municipal Matheus Maylasky a novas instalações.

Para isso, a Diretoria Estadual de Ensino, do Governo do Estado, ofereceu à municipalidade o prédio da Escola Monsenhor João Soares, na Avenida Afonso Vergueiro, e outros estudos estão sob a análise dos diretores e do reitor do Instituto Federal. A possível mudança não trará nenhum prejuízo aos estudantes. Pelo contrário, todos sairão ganhando – os alunos do Maylasky, que terão instalações próprias, definitivamente suas, e toda a comunidade sorocabana, que irá ganhar uma instituição de ensino superior representativa em todo o País, oferecendo cursos gratuitos aos nossos jovens e qualificando ainda mais a nossa força de trabalho.