08/02/2017 07h34 - Atualizado em 08/02/2017 07h34 | Ipanema Online

Após serem adiadas por falta d'água, aulas em escolas municipais começam em Sorocaba



Após serem adiadas por conta da falta d'água em Sorocaba, os alunos da rede pública municipal retornam às aulas nesta quarta-feira (8), nas 149 escolas e creches da cidade. Após servirem de pontos de apoio na distribuição de água para a população, as escolas passaram por ações de limpeza e manutenção para receber os alunos tranquilamente nesta quarta.

A Secretaria da Educação, por sua vez, já reorganizou o calendário escolar para que os 200 dias de aula do ano letivo sejam cumpridos sem nenhum prejuízo por conta do adiamento. São esperados quase 55 mil alunos.

Segurança e rotas alternativas: para garantir um retorno tranquilo às aulas, a Prefeitura conta com ações específicas da Urbes e da Guarda Civil. O início do ano letivo representa um aumento de até 20% na quantidade de automóveis e motocicletas circulando pela cidade, que atualmente tem uma frota de mais de 454 mil veículos. Para assegurar a segurança dos milhares de alunos, pais e professores que encontram as ruas mais movimentadas nesta época, a Guarda Civil Municipal deu início à Operação Volta às Aulas, com ações de patrulhamento preventivo no perímetro escolar e equipes motorizadas nos períodos da manhã, tarde e noite.

A Urbes – Trânsito e Transportes recomenda que, na medida do possível, os condutores evitem os corredores arteriais e os trechos em que há grandes instituições de ensino, optando por trajetos mais tranquilos e rápidos. “Recomendamos aos condutores para optarem por caminhos que desviem das principais vias arteriais e ainda, para que fiquem mais atentos nesse período de volta às aulas, já que o fluxo de veículos circulando nos horários de pico, que vai das 6h às 8h, das 11h às 14h e das 17h e 19h, de segunda a sexta-feira, aumenta consideravelmente”, explica Wilson Unterkircher Filho, diretor presidente da Urbes.