24/07/2017 17h21 - Atualizado em 24/07/2017 17h26 | Ipanema Online

Vice-prefeita recorre no TJ para voltar a ocupar uma sala no Paço



A vice-prefeita de Sorocaba, Jaqueline Coutinho, recorreu, por intermédio de seu advogado, Márcio Rogério Dias, na tarde desta segunda-feira (24), da decisão monocrática do juiz Alexandre Dartanhan de Mello Guerra, no Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ), para reverter o posicionamento do magistrado local e voltar a ter uma ocupação no Palácio dos Tropeiros.

Na interposição do agravo de instrumento [recurso], Dias lembra que Jaqueline tem recebido salário, patenteando “evidente prejuízo aos cofres públicos”, o que caracteriza ao prefeito José Crespo (DEM), segundo ele, “dano ao erário”; “dano ao poder executivo municipal”, pois o município fica desprovido de um agente político; “dano ao interesse público”, pois o prefeito “se dá ao luxo de simplesmente descartar a vice-prefeita”, e “dano pessoal”, uma vez que a vice-prefeita foi eleita e permanece afastada de suas funções.

Jaqueline recorre após deixar a Prefeitura, no início da semana passada. Na carta de afastamento, Crespo solicitou que a vice desocupasse o gabinete no 6ª andar do Palácio dos Tropeiros. Na última sexta-feira (21) ela tentou, por meio de um mandado de segurança, regressar ao Paço, mas não obteve sucesso no Fórum de Sorocaba.