Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Votorantim libera funcionamento de salões de beleza, barbearias e clínicas de estética

Secom Votorantim
Postado em: 05/08/2020

Compartilhe esta notícia:

O prefeito de Votorantim, Fernando de Oliveira Souza, decretou nesta quarta-feira (05) a retomada do atendimento presencial dos salões de beleza, cabeleireiros, barbearias, clínicas de estética e estabelecimentos afins. De acordo com o prefeito, a liberação vem atender aos anseios dos profissionais desta categoria, que há mais de quatro meses estão com as atividades paralisadas durante a pandemia de Covid-19, levando-se em conta o que dispõe o Plano SP, do governo estadual, especialmente em relação aos dados e taxas referentes à evolução do novo coronavírus no município.

O novo decreto municipal (nº 6.013) entra em vigor nesta quarta-feira. A medida salienta que o Plano SP (art. 7º do decreto Estadual nº 64.994, de 28/05/2020) autoriza os municípios, inseridos na Fase Laranja, a permitir a retomada gradual do atendimento presencial ao público de serviços e atividades não essenciais, segundo as circunstâncias estruturais e epidemiológicas locais.

Com isso, em sua justificativa, o prefeito Fernando destaca as taxas de ocupação nos leitos de clínica médica e de UTI para tratamento de Covid-19 no hospital municipal, citando uma queda de 60% para 12% na clínica médica e que na UTI não ultrapassou dos 50%, no período de 1 a 30 de julho. O decreto ainda leva em conta que 90% dos casos de Covid-19 no município se encontram recuperados, bem como a baixa taxa de letalidade registrada na cidade, equivalente a 3,21%.

Para reabrir, os salões de cabeleireiros e estabelecimentos afins deverão prestar os serviços de forma individualizada e sempre mediante prévio agendamento, adotando as seguintes medidas:

- Disponibilizar, gratuitamente, álcool antisséptico em gel 70% para uso dos clientes, frequentadores, colaboradores e funcionários;

- Condicionar o ingresso e a permanência, no interior do estabelecimento, somente de pessoas usando máscaras faciais;

- Zelar pela proteção de idosos, gestantes e pessoas com doenças crônicas ou imunodeprimidas, conforme as recomendações do Ministério da Saúde e da Secretaria de Estado da Saúde;

- Impedir aglomeração de pessoas no local;

- Promover frequente higienização de todas as superfícies, objetos, equipamentos e instrumentais passíveis de toque ou contato humano; e

- Manter o ambiente ventilado e arejado.

Os estabelecimentos também devem observar as regras do Plano SP, além de adotar medidas especiais visando à proteção de idosos, gestantes e pessoas com doenças crônicas ou imunodeprimidas, seguindo as recomendações do Ministério da Saúde e da Secretaria de Estado da Saúde, bem como impedir aglomeração de pessoas no interior do estabelecimento.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Flávio Bolsonaro admite que Queiroz pagava suas contas pessoais, mas nega uso de dinheiro ilícito

TSE diz que tem condições de manter eleições de outubro

Turma do Supremo Tribunal Federal julga habeas corpus de Lula

Acidente fatal: idoso morre após ser atingido por motorista que não possuía carteira de habilitação

O melhor da obra de Quentin Tarantino antes da estreia de “Era Uma Vez em… Hollywood”

Banco Central anuncia lançamento da nota de R$ 200