Informação e Credibilidade para Sorocaba e Região.

Votorantim confirma mais dois casos de coronavírus; nova morte suspeita é investigada

Foto: Agência Brasil
Postado em: 24/04/2020

Compartilhe esta notícia:

A Prefeitura de Votorantim, por meio da Secretaria da Saúde (Sesa), recebeu nesta quinta-feira (23) do Instituto Adolfo Lutz a confirmação de mais dois casos de novo coronavírus (Covid-19). Ambos os pacientes são profissionais da área da saúde e seguem em isolamento domiciliar.

 

O município está adotando todas as medidas necessárias no combate à pandemia e até o momento são 10 casos confirmados, entre eles um óbito, além de 8 casos suspeitos sob investigação e que aguardam o resultado do Instituto Adolfo Lutz, entre eles outro óbito.

 

Dos casos confirmados da doença, 6 pacientes já estão recuperados e 3 seguem em isolamento domiciliar.  Dos 8 casos suspeitos sob investigação, 4 estão internados. A cidade também já teve 65 casos descartados, entre eles, quatro óbitos que eram considerados suspeitos.

 

A orientação da Prefeitura, por meio da Sesa, é para que as pessoas continuem levando a sério o isolamento social e permaneçam em casa. De acordo com a pasta, nesta semana aumentou o número de casos descartados e com isso diminuiu significativamente o número de casos que aguardam os resultados.       

 

A cidade conta com um Plano de Contingência Municipal para tratar dos protocolos do Covid-19, bem como treinamento diário com profissionais da rede municipal de saúde sobre aspectos gerais do novo vírus e protocolo de atendimento, além do Comitê de Gestão para enfrentamento à pandemia.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Prefeitura de Sorocaba segue determinação do Estado e prorroga quarentena até o dia 22 de abril

Homem que arrastou mulher em assalto é preso na Zona Oeste

Alemanha registra recorde de casos diários de Covid-19 em seis meses e preocupa especialistas

Fiscalização por videomonitoramento completa um ano e registra 2.885 infrações

Madonna pede que Bolsonaro mude suas políticas e o chama de ‘Borsalino’

Anticorpos contra Covid-19 continuam em alta 5 meses após infecção, diz novo estudo